sexta-feira, 13 de abril de 2012

Formação Profissional X Capacitação A PREFEITURA DE CAMARAGIBE-PE,SABE O QUE É ISSO?

Capacidade profissional X Conhecimento | BlogdoJSilva





Uma questão que gera dúvida é a diferença entre formação e capacitação profissional. Para entender estes dois conceitos distintos e suas conseqüências é necessário definir com clareza cada conceito.
O grande problema é que formar não significa capacitar.
A capacitação é um movimento solitário e individual que tem como objetivo transformar a formação recebida em capacidade de trabalho.
Observe o leitor que qualquer pessoa pode apreender, mas nem todas serão capazes de atuar satisfatoriamente como bons profissionais. Normalmente pensamos que uma pessoa formada está capacitada para atuar profissionalmente.
Na verdade, uma pessoa formada é aquela que possui as informações sobre uma determinada atividade e de posse destas informações deve ser capaz de identificar suas necessidades para então buscar sua capacitação.
Primeiro cada individuo recebe a formação que é o conteúdo aprendido e depois é necessário auto-avaliação para identificar o que cada pessoa precisa aperfeiçoar para se tornar capaz de executar uma determinada função.
Normalmente a capacitação ocorre na prática enquanto a formação é teórica.
Na maioria dos profissionais que não executam adequadamente suas atividades é possível observar que não falta conhecimento, mas sim, capacitação.
Uma solução para melhorar esta questão consiste em preparar o profissional para que possa se auto-avaliar adequadamente e assim definir para onde direcionar sua capacitação e identificar o que precisa ser melhorado.
A capacitação esta relacionada com o comportamento apresentado ao lidar com situações estressantes e que exigem muitas vezes improviso.
Um profissional que se formou com nota máxima na universidade e que não consegue se relacionar em equipe, embora formado com mérito, não está capacitado para o trabalho. Neste caso será necessário trabalhar esta deficiência para gerar capacitação.
Ser capacitado significa conseguir cumprir uma determinada atividade com eficiência.
Neste caso é importante além do conteúdo, o comportamento adequado para se atingir o objetivo desejado. A capacitação é pessoal e depende da motivação e esforço do individuo enquanto a formação pode ser adquirida em sala de aula.
Um profissional precisa da formação para adquirir capacitação, por isso muitas vezes confundimos a ideia de formado com estar capacitado. Mas não é a mesma coisa, embora interligados, estes são conceitos diferentes.
  Ocorre que,em Camaragibe,a Gestão recebe incentivo do SUS para investir na qualificação profissional dos trabalhadores da Saúde e parcialmente  promove alguns cursos  entre os profissionais dos PSFs.,Os profissionais dos  serviços de emergência não são qualificados ha muito tempo.Agora,como é conivente à Gestão desviar de função os profissionais de  enfermagem ,(obrigando-os à colher sangue sem qualificação e condições de trabalho), não convocando os profissionais de Laboratório do concurso de 2008,então inventou uma "QUALIFICAÇÃO" NO DIA 19 ABRIL/12 NO AUDITÓRIO DO SAMU,dizendo que vai qualificar os Auxiliares de Enfermagem à COLHER SANGUE num  dia.Ora,para colher sangue, faz-se  o CURSO  PARA TÉCNICO DE  LABORATÓRIO que dura em média 02 anos.Para quem já é da Área de Saúde,pode fazer o curso de FLEBOTOMIA. Esse curso é de menor duração,apenas 06 meses e é específico para quem quer e gosta de manipular  especificamente Hemoderivados/Vascular.
  PARA QUALIFICAR PRIMEIRO PRECISA FORMAR.A PREFEITURA ´PRECISA  VIABILIZAR UM CURSO EM UMA INSTITUIÇÃO RECONHECIDA PARA OS PROFISSIONAIS QUE SE ACHAREM   COM HABILIDADES PARA TAL FUNÇÃO E SÓ DEPOIS REALIZAR  QUALIFICAÇÃO NA ÁREA.
LAUDICÉA. Aux.de Enfermagem

Pesquisar este blog