Google+ Followers

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Em Goiana, soldado se mata dentro de quartel


Uma soldado identificada até agora apenas como Andrea se matou dentro do quartel em Goiana, na Zona da Mata Norte do Estado. O caso aconteceu na tarde desta segunda-feira (25). A policial, que é da Paraíba, mas trabalhava no 2º Batalhão de Polícia Militar de Nazaré da Mata, tinha apenas dois anos de serviço.
No mês passado, outro caso de suicídio envolvendo policiais chocou o Estado. O tenente-coronel Marinaldo Lima, responsável pelo comando do 13º Batalhão da PM de Pernambuco, tirou a própria vida com um tiro na cabeça no prédio da Secretaria de Planejamento do Governo do Estado. O local é usado pelos comandantes da PM e os secretários para reuniões do Pacto pela Vida e iniciativas da gestão Eduardo Campos. Na época, a Secretaria de Defesa Social (SDS) afirmou que o tenente estava endividado.
Fonte:Blog do Jamildo

5º ENCONTRO ESTADUAL DE AGENTES DE SAÚDE DO PARÁ.


segunda-feira, 25 de junho de 2012


FOTO DIVULGAÇÃO
Nos dias 28 e 29 de junho estaremos realizando o 5º encontro Estadual de ACS E ACE, com o tema: " PELA DESPRECARIZAÇÃO DOS TRABALHOS DOS ROFISSIONAIS DE SAÚDE: PELA EFETIVAÇÃO, PCCR E PISO SALARIAL ESTADUAL E NACIONAL".


Aproveitamos para informar todos os companheiros para organizar a vinda dos nossos companheiros. Cada município que tenha seção organizada poderá participar com direito a dois participantes para a atividade do dia 28 de junho de 2012.


No dia 29 de junho teremos uma audiência pública na Assembléia Legislativa, sendo que iremos fazer uma passeata, com saída da escadinha do ver o peso, com horário de concentração a partir das 8:30 horas. Pedimos que os nossos companheiros possam organiza caravanas de trabalhadores dos diversos municípios para que possamos ter uma ação bastante significativa e possamos chamar a atenção da sociedade e das autoridades para a importância desta categoria.


Aproveitamos para pedir para que cada município possa responder o questionario que segue em anexo, para melhorarmos nossa organização e possamos conhecer melhor a realidade de cada município. Neste sentido pedimos para que os coordenadores estaduais possam repassar urgente este questionarios para os municípios que compõem a sua área de abrangência e que estes coordenadores possam estar repassando este material durante a realização do evento.

Cremos em uma grande atividade, pois até o presente momento temos diversas caravanas confirmadas com mais de 60 municípios representados nestas caravanas.

Pedimos para os coordenadores regionais e das seções que qualquer informação entrar em contato com a Companheira JESEBEL, através dos seguintes contatos:  9225 8545 - 8283 9082 - 8165 0008 - 8411 0554.


 
Att
Fernando Moraes
Coordenador jurídico SINDSAÚDE PARÁ.
Fonte:Blog:BioACS

domingo, 24 de junho de 2012

O DESCASO ÀS LEIS TRABALHISTA ANDA......


sexta-feira, 22 de junho de 2012

AGENTES DE SAÚDE FARÃO ASSEMBLEIA PARA DISCUTIR A FALTA DE (EPIs), EM RN.

Agentes de endemias locais continuam se mobilizando para melhorar condições de trabalho.
 
Hoje, às 15h, na sede do Sindicato dos Trabalhadores da Saúde do Estado do Rio Grande do Norte (Sindsaúde/RN), haverá assembleia para discutir falta de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

Na assembleia de hoje, o Sindsaúde vai propor alternativas contra o que considera descaso da municipalidade, como continuidade do horário corrigido dos agentes, denúncia ao Ministério Público (Promotoria da Saúde) e um dia de paralisação da categoria. A intenção é pressionar a Prefeitura a fornecer o material.
A Assembleia de hoje faz parte da série de mobilizações dos agentes de endemias para melhorar condições de trabalho e tornar mais eficiente o combate à dengue. Há meses, eles vêm fazendo atos públicos e participando de reuniões, reivindicando melhor condição de trabalho e valorização salarial.

DENGUE
 

Para evitar a doença, recomenda-se limpar quintais, fazer a higienização de cozinhas e banheiros, não deixar embalagens e pneus expostos à chuva e sol, evitar a água parada onde o mosquito da dengue se reproduz, além de não deixar caixas d'água descobertas, entre outras ações contra proliferação do mosquito Aedes aegypti.
Segundo informações divulgadas ontem pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), o Rio Grande do Norte possui 19.486 casos suspeitos de dengue, com 5.154 casos confirmados. Setenta e nove municípios apresentam alta incidência da doença. Mossoró ocupa o segundo lugar, com 1.451 casos suspeitos.

 
 
BLOG:BIO ACS

EM PLENO SÃO JOÃO! CEMEC CENTRO SEM CLÍNICO E SEM PEDIATRA,NO SÁBADO NOITE!

domingo, 24 de junho de 2012


INACREDITÁVEL

Em pleno S.João.
  
      Em plena festa junina

Com muitos FOGOS

Com muitas FOGUEIRAS

Com muitas  BEBIDAS


















CAMARAGIBE SEM SOCORRO

Potiguara
0 comentários

sexta-feira, 22 de junho de 2012

A DENGUE ESTÁ NERVOSA OU OS PACIENTES ?




A Paciente Késia,fez questão de falar. videoDesde 2011,o Governo Federal vem investindo no combate à DENGUE,tentando minimizar os agravo  à saúde.Camaragibe por está incluído nos Municípios de risco,recebeu verba pra investir nas medidas de prevenção e monitoração dos vetores.Ocorre que ,no conselho municipal de saúde,um Agente de Endemias,em Maio passado,denunciou que não tinha nem os apetrechos básicos para trabalhar,como;Lápis,bolsa,caderno,protetor solar e outros.Além de dizer que vem cobrando ha muito tempo,sem êxito.Eu,denunciei  uma cisterna no meu local de trabalho por mais de um ano! Com distância do esgoto de apenas 02 mts.Pedi ao chefe da vigilância sanitária,uma análise da água ,numa reunião do conselho e ele disse que seria muito despendioso para prefeitura e não poderia ser feito.Após muito tempo,descubriram que havia vazamento e infiltração  do esgoto pra cisterna e resolveram agora ha pouco,interdita-la.Mais,e o prejuiso na saúde que os trabalhadores se expuseeram durante anos,quem paga?
Agora,descobri que estamos com um foco de DENGUE na nossa Emergência.DENUNCIEI no Conselho de saúde.Um agente de Endemias,que também é conselheiro se dispois a vir analizar.Veio dia 12 de junho.Constatou as deficiências.Voltou com a Dra da Vig.Sanitária.dia 13 ,Inclusive, um outro Agente de Endemias que acompanhou o grupo,colheu  amostras do mosquito,e  disse que só viu um foco dessa maneira numa fábrica abandonada.
os Pacientes ficam se abanando enquanto nebulizam.Isso é um absurdo!
Os  pacientes do repouso nos procuram pra mostrar baratas e Escorpiões próximo ao banheiro.Eles mesmos fotografam e nos ajudam a matar.Nunca houve detetização nos serviços daqui. Só o faz de conta.É assim que funciona o serviço ´Público.E quem denuncia ou procura  os direitos é retaliado,perseguido,assediado,ou,responde a Inquérito Administrativo!









NA CIDADE DA COPA -PE, TEM DOMINÓ!!

quinta-feira, 21 de junho de 2012

RESOLUÇÃO COFEN Nº 428/2012 - APROVA O REGULAMENTO DAS ELEIÇÕES POR INTERNET PARA OS CONSELHOS REGIONAIS DE ENFERMAGEM

 
Criado em Quarta, 16 Maio 2012 Escrito por Tacila Rubbo de Almeida
Resenha: 
APROVA O REGULAMENTO DAS ELEIÇÕES POR INTERNET PARA OS CONSELHOS REGIONAIS DE ENFERMAGEM.
O Conselho Federal de Enfermagem - COFEN, no uso das atribuições que lhe foram conferidas pela Lei nº 5.905, de 12 de julho de 1973, pelo Código Eleitoral aprovado pela Resolução nº 355, de 17 de setembro de 2009, e pelo Regimento Interno da Autarquia, aprovado pela Resolução Cofen nº 421, de 15 de fevereiro de 2012, e
CONSIDERANDO a disposição do art. 9º, parágrafo único, do Código Eleitoral aprovado pela Resolução Cofen nº 355, de 17 de setembro de 2009;
CONSIDERANDO o resultado dos trabalhos da Comissão de regulamentação de procedimentos de votação pela Internet, instituída pela Portaria nº 56 de 21 de janeiro de 2011;
CONSIDERANDO a deliberação do Plenário do Cofen em sua 413ª Reunião Ordinária e tudo o mais que consta dos autos do PAD nº 292/2011;
RESOLVE:
Art. 1º Aprovar o REGULAMENTO DAS ELEIÇÕES POR INTERNET para os Conselhos Regionais de Enfermagem.
Art. 2º Esta Resolução entrará em vigor na data de sua publicação, revogando-se disposições em contrário.
Brasília/DF, 19 de abril de 2012.
MARCIA CRISTINA KREMPEL - Presidente
GELSON LUIZ DE ALBUQUERQUE - Primeiro Secretário
REGULAMENTO DAS ELEIÇÕES POR INTERNET PARA OS CONSELHOS REGIONAIS DE ENFERMAGEM
CAPÍTULO I – Das Disposições Preliminares
Art. 1º As eleições dos Conselhos Regionais de Enfermagem serão realizadas por meio eletrônico, na Rede Mundial de Computadores (Internet), para renovação dos mandatos, e regular-se-ão pelo presente Regulamento.
Parágrafo único: Os Conselhos Regionais de Enfermagem poderão, em casos excepcionais, optar por outro sistema de votação eleitoral, desde que autorizado pelo Plenário do Cofen.
Art. 2º Ao Conselho Regional de Enfermagem cabe, na respectiva jurisdição, dar publicidade do dia, horário, local e normativas das eleições pela internet.
Art. 3º O Conselho Regional de Enfermagem deverá manter, à disposição dos interessados, cópias de todas as normas e instruções que regulam o processo eleitoral pela internet, bem como dos modelos apropriados à sua operacionalização.
Art. 4º O Cofen constituirá um Grupo Técnico de Acompanhamento Eleitoral (GTAE), integrado por 03 (três) Conselheiros Federais, não candidatos, constituído por Portaria para acompanhamento do processo eleitoral pela internet, para dirimir dúvidas e subsidiar as decisões das Comissões Eleitorais dos Regionais e do Plenário do Cofen.
CAPÍTULO II - Do processo de votação pela Internet
Art. 5º O Cofen, mediante licitação pública, contratará empresa especializada para fornecer serviço informatizado para eleição eletrônica, e outra para promover auditoria externa no ambiente computacional para confrontar os aspectos de segurança, antes, durante e após as eleições.
Art. 6º As eleições serão realizadas, eletronicamente, pela Internet, em sítio de votação específico, acessado mediante senha individual, a ser previamente fornecida pelo serviço, depois de confirmada a condição de regularidade do profissional de enfermagem inscrito quanto a seus direitos profissionais de votar e ser votado.
§1º Para efeito deste artigo, considera-se profissional de enfermagem regularmente inscrito aquele que se encontrar adimplente com suas anuidades.
§2º O profissional de enfermagem que têm inscrição em mais de uma categoria, receberá senha para votação correspondente ao quadro I e quadro II ou III.
§3° O profissional deve promover a alteração da senha no sítio de votação como garantia de segurança do voto.
Art. 7º A votação ocorrerá pelos sítios eletrônicos, definidos e divulgados em momento oportuno, os quais ficarão disponíveis por 24h (vinte e quatro horas) para acesso de qualquer parte do Brasil ou do exterior.
§1º Fica a critério do Conselho Regional de Enfermagem, disponibilizar computadores para votação, ocultos com cabine indevassável, em locais públicos ou privados.
§2º Se o eleitor for votar nos computadores disponibilizados pelo Conselho Regional, o horário da votação será das 08h (oito horas) até às 18h (dezoito horas) do dia determinado para eleição.
§3º Compete à Comissão Eleitoral, a organização do processo de votação com uso de computadores disponibilizados pelo Conselho Regional, devendo designar responsáveis em todos os locais de votação definidos.
Art. 8º O sítio de votação deverá prever a emissão de comprovante de votação, assim como de comprovante de justificativa de voto.
Art. 9º O Cofen/Conselhos Regionais disponibilizarão suporte telefônico e/ou eletrônico para dirimir dúvidas, nos 20 (vinte) dias que antecederem as eleições.
Art. 10 O sítio de votação ficará disponível para consulta dos profissionais por 30 dias após as eleições para consulta, emissão de comprovante de votação ou para justificativa de voto.
§1º Após esse período, o inscrito deverá justificar a sua não participação na votação diretamente ao Conselho Regional.
§2º Na hipótese do inscrito não ter sido incluído no sítio de votação, por inadimplência, a ausência do voto deverá ser justificada.
Art. 11 Após as eleições, a base de dados do processo eleitoral ficará sob custódia do Cofen, com assinatura digital e/ou outros mecanismos tecnológicos que garantam a autenticidade e integridade dos dados.
CAPÍTULO III – Da Divulgação do Processo Eleitoral por Internet
Art. 12 Caberá ao Cofen/Conselho Regional de Enfermagem dar ampla divulgação de todos os assuntos pertinentes às eleições pela Internet, utilizando diversos meios, tais como: jornais, informativos, sítios eletrônicos, mala direta (mailing) para os inscritos e quadro de avisos em suas sedes e nas suas subsecções.
Art. 13 O Conselho Regional de Enfermagem deverá postar em seu sítio eletrônico, imediatamente após o registro das chapas eleitorais e até o fim do processo eleitoral, a relação das chapas eleitorais concorrentes, com apenas os nomes de seus respectivos integrantes.
Art. 14 Fica terminantemente proibido o fornecimento pelo Conselho Regional de Enfermagem, às chapas eleitorais concorrentes, de endereço eletrônico (e-mail) ou qualquer outro dado cadastral dos profissionais inscritos.
CAPÍTULO IV – Do Resultado das Eleições
Art. 15 Ao GTAE caberá proceder ao acompanhamento do processo eleitoral e ao exame geral dos resultados das eleições no âmbito do sítio de votação.
Art. 16 A divulgação do resultado das eleições será postado de imediato, no sítio eletrônico do Cofen e do respectivo Conselho Regional, logo após o processamento dos dados de votação.
CAPÍTULO V – Das Disposições Gerais
Art. 17 Fica o Cofen terminantemente proibido de usar o cadastro de profissionais dos Conselhos Regionais, para qualquer fim que não seja para testes de consistência de bases de dados e informações sobre o processo eleitoral, sob pena de responsabilização na forma regimental e da lei.
Art. 18 Os casos omissos neste Regulamento serão examinados pelo GTAE e decididos pelo Plenário do Cofen, quando apresentados pela Comissão Eleitoral dos Conselhos Regionais, ou diretamente pelos interessados.
Art. 19 Esta Resolução entra em vigor na data da sua publicação, revogando-se disposições em contrário.

quarta-feira, 20 de junho de 2012

QUE PAÍS É ESSE ? DESCASO TOTAL ÀS DETERMINAÇÕES LEGAIS!!

Sexta Feira ,dia 12 de Julho,plantão agitado,Comparece um pact.poliqueixoso,febril,que após ser avaliado pela Médica de plantão,foi solicitado exames de sangue e sumário de urina.O paciente,após sair pra comprar o recipiente do sumário na farmácia,pois o serviço de Emergência não tem o Recipiente pra esse exame.Normalmente o paciente precisa sair pra comprar.Após a Auxiliar de Enfermagem,sem habilidade,coletar o sangue do paciente e colocar num tubo onde a tampinha de borracha é CHEIA DE POEIRA,pois fica em cima de uma mesinha,numa sala pequena,onde funcionários e pacientes transitam o tempo todo,pois é na mesma sala que se faz medicação,inclusive,em ADULTOS E CRIANÇAS,na mesma sala.Recebeu do paciente o recipiente com a Urina ,Identificou e avisou a chefe de Enfermagem  ,que  em seguida ligou pro LAMUC,(Laboratório Municipal de Camaragibe),onde existe Técnico de Laboratório,que não colhem sangue.A Secretária de Saúde do Município,achou mais cômodo obrigar os Auxiliares de Enfermagem,mesmo sem nenhum conhecimento na Área de Análises Clínica,Bioquímica,Vidrarias,etc.POIS, Na grade curricular do Auxiliar de Enfermagem, não consta esse conhecimento TEÓRICO nem ESTÁGIO EM LABORATÓRIO,mas,em CAMARAGIBE-PE,virou ROTINA.Os profissionais de Enfermagem,estão sendo desviados da Assistência ao pact. e sendo  obrigados ao Ácumulo de Função Insalubre,visto que já existe uma categoria reconhecida  e registrada no CBO(Classificação Brasileira de Ocupação)como `TÉCNICOS DE LABORATÓRIOS,onde a justificativa de função insalubre,é o manuseio com hemoderivados,punção venosa,contato com pacientes e exposição a material Biológico.O Paciente,atendido em Camaragibe,normalmente recebe alta após coleta de exames e é orientado a voltar mais tarde ou no dia seguinte para resgate do resultado e mostrar ao Médico de plantão do dia que ele vier ,se tiver Médico,pois está sendo RARO.Porém,o pact.colheu material às 13:10hs,QUANDO voltou às 16:45hs pra saber se já havia chegado o resultado,foi surpreendido com as  amostras ainda em cima da PIA,próximo as medicações de uso diário e em baixo do Pérfuro Cortante,caixa de material contaminado.Foi  falar com o Médico de plantão e disse que iria procurar a UPA mais próxima.Comunicamos a chefe e DESPREZAMOS o material na caixa que IRONICAMENTE já fica próximo e frequentemente é usada pra esse fim.Jogar no lixo,um sangue que deveeria ter sido recolhido pelo MOTOQUEIRO,que não veio.Quando vem,após horas,leva o material sem acondicionamento adeguado.As vezes no  bolso da JAQUETA ou na malinha da moto,sacolejando até outro serviço que também tenha avisado de alguma coleta e depois até o destino final.Quando chega lá,acredito que já chega processado,centrifugado! Será por isso que sempre ouvimos a palavra "DISCREPÂNCIA" quando os  médicos veem os resultados?
A ANVISA,(Agencia Nacional de Vigilância Sanitária)Não vê nada disso.Será que ,se esse procedimento fosse num estabelecimento particular ,SERIA PERMITIDO?O COREN E O COFEN SABEM DISSO!
ESTÃO PREOCUPADOS COM OS RISCOS A QUE OS PROFISSIONAIS ,FAMÍLIA E A COLETIVIDADE ESTÃO EXPOSTOS?
O CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM NÃO SE POSICIONA EM FAVOR DO PROFISSIONAL.COLHER MATERIAL PRA EXAMES NÃO É ATIVIDADE PRIVATIVA DE NINGUÉM.!! QUALQUER PESSOA PODE COLHER SEU MATERIAL PRA EXAMES,A NÃO SER QUE ESTEJA ACAMADO  OU  MUITO DEBILITADO.ATÉ UMA CRIANÇA COLHE SEU MATERIAL PRA EXAME.AGORA,"COLHER SANGUE", É UM PEQUENO DETALHE QUE FAZ TODA A DIFERENÇA! PRECISA DE HABILITAÇÃO E  CONHECIMENTO TÉCNICO CIENTÍFICO! E PRA ISSO EXISTE CURSO PREPARATÓRIO DE 02 ANOS.
JÁ PENSOU SE COLHER  MATERIAL PRA EXAMES FOSSE ATRIBUIÇÃO PRIVATIVA DA ENFERMAGEM? VOCE QUE NÃO TEM O CURSO,NÃO PODERIA COLHER SEU PRÓPRIO MATERIAL.SENÃO,SEEREIA ENQUADRADO NO  "EXERCÍCIO ILEGAL DA PROFISSÃO", ENTÃO,QUANDO O MEDICO SOLICITASSE UM EXAME DE FESES OU URINA,POR EXEMPLO,VOCE TERIA QUE LIGAR  PRO SERVIÇO HOSPITALAR E SOLICITAR   AJUDA DA ENFERMAGEM PARA APARAR SEUS DEJETOS,QUE MICO!!


O PACIENTE COLHEU SANGUE,E DAÍ ?


OLHA O RESULTADO!!!! 
                                                          FOI PARAR NO LIXO!!
               TODO MUNDO SABE DISSO!! E AGORA VOCE!!!!!!!

E EU CONTINUO RESPONDENDO INQUÉRITO ADMINISTRATIVO POR QUE ME RECUSO A FAZER ATRIBUIÇÃO QUE DE ACORDO COM OS CONFORMES,PERTENCE A OUTRA CATEGORIA.      E OLHA QUE NO CÓDIGO DE ÉTICA DA ENFERMAGEN,NA SESSÃO I, NO ARTIGO 10,ME ACOBERTA.
                             A CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA ,NO ART: 5º;DOS DIREITOS E GARANTIAS FUNDAMENTAIS;  II_---NINGUEM SERÁ OBRIGADO A FAZER OU DEIXAR DE FAZER ALGUMA COISA SENÃO EM VIRTUDE DA LEI;
                                                  XIII ---É LIVRE O EXERCÍCIO DE QUALQUER TRABALHO,OFÍCIO OU PROFISSÃO,ATENDIDAS AS QUALIFICAÇÕES PROFISSIONAIS QUE A LEI ESTABELECER;
                     AINDA NO ART.5ª ,XXXIV; a)  O DIREITO DE PETIÇÃO AOS PODERES PÚBLICOS  EM DEFESA DE DIREITOS OU CONTRA ILEGALIDADE OU ABUSO DE PODER;
                     AINDA NO ART.5ª,XXIX --NÃO HÁ CRIME SEM LEI ANTERIOR QUE O DEFINA,NEM PENA SEM PRÉVIA COMINAÇÃO LEGAL;
                     AINDA NO ART.5º,XLI; --A LEI PUNIRÁ QUALQUER DISCRIMINAÇÃO ATENTATÓRIA DOS DIREITOS E LIBERDADES FUNDAMENTAIS;
                     AINDA NO ART.5º, LV --AOS LITIGANTES EM PROCESSO JUDICIAL OU ADMINISTRATIVO,E AOS ACUSADOS EM GERAL SÃO ASSEGURADOS O CONTRADITÓRIO E AMPLA DEFESA,COM OS MEIOS E RECURSOS A ELA  INERENTES;
                     AINDA NO ART.5º, LVII; --NINGUEM SERÁ CONSIDERADO CULPADO ATÉ O TRÂNSITO EM JULGADO DE SENTENÇA PENAL  CONDENATÓRIA;
                    
                      A CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA,É LINDA!
                      A  LEI DO SUS, É UM SONHO!
                      AS NRs ,SÃO PERFEITAS;
                      A ANVISA,É COMPLETA;
                      A OIT (ORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO),DIZ QUE VISA A PROTEÇÃO DO TRABALHADOR;
                      O CONSELHO DE ENFERMAGEM,DIZ QUE TRABALHA EM CONSONÃNCIA COM AS LEIS E ÓRGÃOS ÀCIMA CITADOS;
                       PORQUE NA PRÁTICA,É TÃO DIFÍCIL CUMPRIR O QUE DETERMINA A LEI?
                       SERÁ QUE AS LEIS DESSE PAÍS FORAM CRIADAS PARA SEREM DESCUMPRIDAS?
                       QUEM REALMENTE SE PREOCUPA COM O TRABALHADOR?
                  

segunda-feira, 4 de junho de 2012

LEIS TRABALHISTAS EXISTEM.SÓ FALTA O EFETIVO CUMPRIMENTO DAS MESMAS.



SANGUE COLHIDO EM AMBIENTE IMPRÓPRIO.POR PROFISSIONAIS NÃO HABILITADOS,ACONDICIONAMENTO INADEGUADO E PIOR,O RECOLHIMENTO DO MATERIAL É FEITO APÓS 02 ,04 E ATÉ O6HS DEPOIS DE COLHIDOS.