Seguidores

Translate

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Cerca de 120 municípios brasileiros tem apenas um candidato a prefeito nas eleições


02/10/2012 20h31 - Atualizado em 02/10/2012 20h40

 
Nesses municípios, a única forma de os candidatos únicos não serem eleitos é se ficar comprovado algum tipo de fraude na votação. Segundo a Justiça Eleitoral, a população pode ajudar a evitar a chapa única, apoiando nomes alternativos.

A lei eleitoral brasileira estabelece que, para ser eleito, o candidato precisa de 50% mais um dos votos válidos. Como brancos e nulos não valem, com apenas um voto, que pode ser o do próprio candidato, ele já estará eleito.

Em quase 120 municípios brasileiros, é praticamente certo que não vai ocorrer nenhuma surpresa no resultado da eleição, neste domingo.
Este ano, a eleição para prefeito em Dois Irmãos do Buriti, a cem quilômetros de Campo Grande, não tem disputa. Os quase oito mil eleitores terão apenas uma opção de candidato na hora do voto.
"Seria bom ter mais opção, mas como desta vez não teve, eu acho que para nós aqui da cidade está de bom tamanho", diz um homem.
Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, essa é a situação de 119 municípios em 15 estados brasileiros nestas eleições. Com apenas um candidato, é fácil prever o resultado das urnas.
A lei eleitoral brasileira estabelece que, para ser eleito, o candidato precisa de 50% mais um dos votos válidos. Como brancos e nulos não valem, com apenas um voto, que pode ser o do próprio candidato, ele já estará eleito.
Nesses municípios, a única forma de os candidatos únicos não serem eleitos é se ficar comprovado algum tipo de fraude na votação.
Segundo a justiça eleitoral, a população pode ajudar a evitar a chapa única, apoiando nomes alternativos durante o processo de escolha dos candidatos.
"Às vezes pode ter sido o eleitor privado do debate, pode ter sido privado das discussões em prol da administração, e aí cabe ao eleitor se envolver", acrescenta Carlos Henrique Perpétuo Braga, secretário-geral do TSE.
A juíza do município de Dois Irmão do Buriti, Nária Cassiana Silva Barros, diz que é preciso haver mais envolvimento dos moradores nas questões políticas e comunitárias:
"O candidato único para prefeito, quem só tem a perder são os eleitores e a população, de uma forma geral."
 Fonte:JN

Pesquisar este blog

Carregando...