quarta-feira, 24 de julho de 2013

CRÍTICA AOS VEREADORES DE CAMARAGIBE-PE, DO BLOG:CAMARAGIBE EM FOCO

ENTREVISTA DO VEREADOR TONINHO

O vereador Toninho que por muitas vezes eu o vi dizer que era oposição, mas que era uma oposição de projeto que prejudicasse o povo(o seu), mas hoje ele deu uma entrevista numa rádio da cidade e cheguei a conclusão que o vereador Toninho é um vereador, como chamam, moeda. Aquele que tem dois lados. Lá no seu reduto ele é um, aqui na câmara é do prefeito, embora negue. 
      Na realidade ele consegue enganar a muita gente. Pra que ele consiga alguma coisa para os seus eleitores, ele tem que se fazer amigo do povo, quando vai ao prefeito se faz amigo do prefeito, na realidade ele não está fazendo mais que garantir sua reeleição.
        A prefeitura mandou para a câmara um projeto para o Mercado Público que foi barrado pelos vereadores Paulo André, Toninho e mais dois vereadores. Tiveram que fazer uma sessão extra para nova votação e os dois, Paulo André e Toninho, que são do mesmo partido não votaram, não foram e os que foram votaram a favor a aprovação da reforma do mercado mesmo sem conhecer o projeto. Não sou contra projeto, sou contra projeto que não é público.
         Existe um projeto na prefeitura, no valor de R$ 18 milhões,ainda da gestão anterior, tem outro projeto, esse dessa gestão novalor de até R$ 3 Milhões para compra de maquináriosAgora veio esse onde a prefeitura entra com R$ 3.900. Milhões o resto vem do governo  Estadual e o Federal, os mesmos que estão há quase quatro anos tentando fazer a escola Técnica Federal e a estrada Leste/Oeste.
         Agora eu pergunto ao vereador Toninho, pode um prefeito negar o pagamento de um projeto aprovado na gestão anterior, quando o vice prefeito na época era um dos vereadores que aprovaram? E se a gestão anterior fez muitas coisas erradas, não caberia ao atual gestor abrir um processo contra aquela gestão?
         Não seria de responsabilidade a fiscalização da gestão?
Não sou, como diz o reporte Jonas, um blogueiro polêmico  eu
só queria entender. Se a prefeitura não paga o PCRM, um projeto já aprovado pelos dois lados alegando que foi um projeto, feito e aprovador por eles, que não havia verbas para cumpri-la, porque aprovaram? Porque não voltam os salários dos vereadores de R$ 12 mil para os R$ 5 ou R$ 6mil que era. Porque pagam tanto aos comissionados. Onde estão os fardamentos dos garotos? Será que estou falando dos fardamentos porque tenho um filho estudando numa escola pública? Isso deveria ser uma fiscalização dos vereadores principalmente da oposição. Acho que o vereador Toninho não deveria se preocupar só com seus eleitores, nem todos os bairros tem um representante, sei que não por sua causa, por mim você tem que defender seu pão, mas dizer que todos os bairros tem um vereador que o representa, não é verdade.
         Os vereadores, dos treze que temos, só quem defende seus bairros é o vereador Toninho e o vereador Edvaldo Barbosa que defende a turma de Vera Cruz, o resto fica pedindo para calçarem ruas que nunca serão calçadas. O vereador campeão de projeto, nem abre mais a boca.
          Eu não defendo o PCRM só porque minha esposa é professora, como disse o Radialista Jonas Silva, porque perdi as contas de quantos vereadores levei para mostrar como estava a rua Vitória Régia, e não moro por lá, foi o povo de lá que entrou em contato comigo, o mesmo acontece com os bueiros abertos e não fechados, eu me preocupo é em eu ver alguém caindo nesses buracos.
          Fazer o certo não é favor é obrigação. Esse negocio que o vereador disse que só temos seis meses de gestão é papo pra boi dormir, pois o João Lemos, que foi vaiado na sua saída, em seis meses colocou os salários de todos os funcionários em dia.E já estamos saindo do sétimo mês.
         Esse programa da rádio deveria ser feito com o convidado (o vereador) e alguém do povo. Devemos lembrar que Jonas faz parte da prefeitura, não vai perguntar nada que deixe o vereador ou a prefeitura em maus lençóis.


















Potiguara

Pesquisar este blog