Google+ Followers

domingo, 29 de junho de 2014

Três estrangeiros são presos em Belo Horizonte

Um norte-americano, um peruano e um equatoriano foram presos hoje (28), em Belo Horizonte, pela Polícia Militar de Minas Gerais. O norte-americano, segundo o órgão, foi preso na entrada da Fifa Fan Fest por porte de maconha, mas as razões das outras prisões não foram informadas pela polícia.
Segundo a polícia, além dos três estrangeiros, 12 pessoas foram presas neste sábado, dia em que a seleção brasileira enfrentou o Chile na capital mineira. Os locais e motivos das prisões não foram divulgados, mas a PM informou que as atividades programadas para a cidade transcorreram “de forma pacífica e ordeira”, inclusive a manifestação, durante a tarde, na Praça Sete.
A polícia divulgou ainda que 21 mil pessoas reuniram-se neste sábado na Fifa Fan Fest, no Expominas, enquanto 20 mil torcedores acompanharam o jogo do Brasil na Savassi, reduto de bares e restaurantes na capital mineira. Segundo a PM, aproximadamente 12 mil policiais estão de serviço.

RS: Ciclista morre ao ser atropelado duas vezes e ser arrastado por 2 km

Um ciclista foi atropelado e arrastado por um automóvel na noite deste sábado (28) em Sapiranga, região metropolitana de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.
A vítima foi atingida por um Honda Civic na altura do km 32 da rodovia ERS-239, caiu na pista e em seguida foi atingida por um outro veículo, que o arrastou até parar em um posto de gasolina, no km 30. O acidente ocorreu por volta das 19h45.
Segundo informações da Polícia Rodoviária de Sapiranga, a condutora do segundo veículo, um Citroën C3, afirmou que ouviu um barulho estranho e parou no posto para verificar a causa, quando se deparou com o corpo preso embaixo do carro. Os nomes da vítima e das motoristas envolvidas não foram divulgados.
De acordo com informações obtidas na delegacia de Sapiranga, onde o caso foi registrado, o ciclista não portava documentos e ainda não foi identificado.

Apucarana: Inscrições para casamento coletivo encerram dia 4 de julho

Credito: Andréia Rinaldo, gerente-executiva do Sesc, Adriano Fagundes, gerente de atividades do Sesc, e a secretária municipal de Assistência Social, Márcia Regina de Souza, se reuniram com o prefeito Beto Preto para tratar do assunto (Foto: Divulgação)( )
Representantes dos organizadores do Programa Justiça no Bairro tiveram uma reunião preparatória recentemente que contou com a participação do prefeito de Apucarana, Beto Preto. Realizado no gabinete municipal, o encontro discutiu detalhes do mutirão de cidadania, especialmente no tocante ao prazo para inscrições no casamento civil coletivo e que se encerra no dia 4 de julho. 
O “Justiça no Bairro” é uma realização do Poder Judiciário e Sistema Fecomércio, contando com o apoio da Prefeitura de Apucarana, cartórios de registro civil e acontece nas dependências do Centro da Juventude e da Escola Municipal Karel Kober. A reunião teve também a participação de Andréia Rinaldo, gerente-executiva do Sesc, Adriano Fagundes, gerente de atividades do Sesc, e da secretária municipal de Assistência Social, Márcia Regina de Souza, além de representantes de secretarias de assistência social de municípios da região.
De acordo com o prefeito Beto Preto, apesar do mutirão estar marcado para os dias 8 e 9 de agosto, algumas ações acontecem antecipadamente. “É o caso da inscrição para o casamento coletivo, que deverá ser feita até o dia 4 de julho na unidade do Sesc Apucarana ou no CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) mais próximo”, frisa.

Igreja de Apucarana recebe Diploma de Méritos em Tarefas Comunitárias

Credito: A homenagem se faz necessária pelos diversos anos de serviços prestados pela igreja( )
A Câmara Municipal de Apucarana irá realizar nesta segunda-feira (30), às 20h, sessão solene para a entrega de Diploma de Méritos em Tarefas Comunitárias à Igreja Presbiteriana do Brasil.
A Lei que outorga o diploma é de autoria do presidente da Câmara, o vereador José Airton Deco de Araújo.
Segundo Deco, a homenagem se faz necessária pelos diversos anos de serviços prestados pela igreja em favor da comunidade apucaranense.

Condenado por improbidade, Arruda oficializa candidatura a governo do DF

O ex-governador José Roberto Arruda foi confirmado neste domingo (29) candidato ao governo do Distrito Federal na chapa encabeçada pelo PR. A definição coube à Executiva do partido que anunciou a decisão na convenção regional da sigla na manhã deste domingo. Condenado por improbidade administrativa no ano passado, Arruda afirmou, em seu discurso neste domingo, que foi vítima de um "golpe orquestrado pelos adversários". Diante de milhares de pessoas que se espremiam dentro e fora de um ginásio de esportes em Taguatinga (DF), o ex-governador afirmou que irá provar sua inocência.  Arruda deverá ter cerca de 5 minutos de propaganda no rádio e na televisão.

"Isso é Brasil!".



Novas diretrizes para o curso de Medicina entram em vigor

Na segunda-feira (23), as novas diretrizes curriculares nacionais dos cursos de medicina entraram em vigor com a publicação da Resolução 3/2014 no Diário Oficial da União. As escolas de medicina terão até dezembro de 2018 para implementar as mudanças. No entanto, nas turmas abertas a partir desta segunda, o novo currículo terá um ano para ser implementado.
Entre as principais mudanças está o estágio obrigatório no Sistema Único de Saúde (SUS), na atenção básica e no serviço de urgência e emergência. Pela resolução, o internato deve ter a duração mínima de dois anos, com 30% da carga horária cumprida no SUS.
Além disso, os estudantes serão avaliados pelo governo a cada dois anos. A avaliação será obrigatória e o resultado será contado como parte do processo de classificação para os exames dos programas de residência médica. A prova será elaborada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), responsável por avaliações como o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O Inep tem dois anos para começar a aplicar a avaliação.
As diretrizes curriculares para cursos de medicina vigentes até agora eram de 2001. A reformulação estava prevista desde o lançamento do Programa Mais Médicos. Pela nova resolução, o curso de graduação de medicina continuará com seis anos de duração. Durante a discussão do programa cogitou-se a ampliação para oito anos.
A expectativa é que 11.447 vagas em cursos de medicina sejam abertas até 2017 — 3.615 em universidades federais e 7.832 em instituições particulares. Na residência, deverão ser ofertadas 12.372 novas vagas no mesmo período.
 
Fonte:CREMEPE

Caruaru: Médicos concedem prazo de 15 dias ao governo municipal

Reunidos em AGE os médicos da rede municipal de Caruaru decidiram aprovar o pedido da prefeitura, através das secretarias de Administração e Saúde, de 15 dias para posicionamento sobre o pagamento retroativo de insalubridade e de recomposição salarial.
A categoria avaliou de forma positiva a negociação, por meio das secretarias municipais para concluir o processo de unificação da folha de pagamento sem fracionamento, além da gratificação para o gozo de férias, cuja programação da parte indenizável ocorrerá em julho próximo.
Segundo informações, através de ofício, o governo municipal de Caruaru assegura que está cumprindo o Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos (PCCV), nos termos da Lei Complementar nº 031, de 04 de janeiro de 2013, progressão por faixa, nível e classe. Vale salientar que os outros itens da pauta foram respondidos em mesa de negociação entre os representantes do Simepe e da gestão municipal.
"A gestão se comprometeu em realizar concurso público em 2015 para provimentos dos cargos criados e não preenchidos no ultimo concurso de médicos. Mas, é importante frisar que serão convocados para nomeação no segundo semestre deste ano os médicos classificados nas vagas ainda existentes", comentou o vice-presidente do Simepe, Tadeu Calheiros.
Segundo ele, os médicos querem avançar no diálogo, bem como em respeito a continuidade do serviço público e assistência à população. Está também em andamento na Secretaria de Saúde o processo licitatório para contratação do seguro de vida para os médicos e equipe que fazem remoção de pacientes nas viaturas do SAMU.
Próxima AGE: dia 09 de julho (quarta-feira), às 19h30, no auditório da Sociedade de Medicina Regional de Caruaru, bairro Universitário.
 

Fonte: Simepe.

LEI 13.003/2014 que garante reajuste para médicos de planos de saúde é sancionada sem vetos

A lei que obriga os planos de saúde a substituir imediatamente médicos, laboratórios e hospitais que se descredenciarem e que também garante reajustes anuais aos profissionais que prestam serviços às operadoras foi publicada sem vetos no Diário Oficial da União desta quarta-feira (25). A Lei 13.003/2014 garante a conquista de uma das reivindicações mais antigas da categoria e, a partir de dezembro, trará mudanças profundas no setor. 
Uma das exigências da nova lei é a existência de contratos escritos entre as operadoras de planos de saúde e os profissionais de saúde, com previsão de índice e periodicidade anuais para reajuste dos valores dos serviços prestados.
O presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM), Roberto d’Ávila, celebrou a sanção da lei, que, segundo ele, beneficiará os mais de 50 milhões de pacientes atendidos por planos de saúde em todo o país.  Agora, além dos médicos, milhares de profissionais de outras categorias – como psicólogos, fisioterapeutas, nutricionistas e dentistas – que prestam serviços às operadoras contarão com os avanços dessa lei, cuja finalidade maior é melhorar a assistência dos usuários de planos.
Além de prever a fixação de índices de reajuste e a periodicidade de sua aplicação para os honorários médicos, a lei obriga os planos de saúde a substituírem o profissional descredenciado por outro equivalente e determina que o consumidor seja avisado da mudança com 30 dias de antecedência. “As mudanças previstas trarão maior conforto ao paciente, mais segurança jurídica aos profissionais e um sentimento de satisfação para toda a sociedade”, comemorou o 1º vice-presidente do CFM, Carlos Vital Corrêa.
Até o momento, não existia no arcabouço geral da legislação nenhum instrumentos que garantisse aos profissionais que prestam serviço às operadoras o índice anual de seus honorários. “Isso tornava o médico fragilizado dentro do poder econômico. Nossas conquistas até agora só têm sido alcançadas com mobilização da categoria”, explicou o coordenador da Comissão Nacional de Saúde Suplementar (Comsu), Aloísio Tibiriçá. Para ele, a lei resgata condições mínimas para o início de um processo civilizatório nas relações de trabalho entre  médicos e operadoras.


IPOJUCA: DENÚNCIA DO HOSPITAL CAROZITA BRITO



O Hospital Carozita Brito, em Nossa Senhora do Ó, foi recentemente reformado e requalificado para oferecer atendimento moderno e humanizado aos usuários e seus familiares.
Ocorre que atualmente vem faltando medicações para o bom atendimento prometido a população. Um dos medicamentos em falta é a Benzetacil, antibiótico de largo aspecto, muito utilizado em unidades do SUS por ser de baixo custo e eficiente.
Pacientes estão se queixando  que procuram a Unidade Hospitalar Pública Municipal em Ipojuca e ao serem atendidos, os profissionais estão orientando os mesmos a comprarem a medicação se quiserem tomar. Muitos, sem condições de adquirirem a medicação ficam a espera de amparo do poder público!
Esse é  SUS ou "SUS TO"


Laudicéa

ARENA PRNAMBUCO: ÚLTIMO JOGO SERÁ NESTE DOMINGO (29) ÀS 17:HORAS



Jorge Pinto (e) e Fernando Santos (d) surpreenderam com Costa Rica e Grécia, respectivamente. Foto: AFP
Neste domingo (29), a partir das 17h, a Arena Pernambuco dá adeus à Copa do Mundo. O jogo será entre  Costa Rica e Grécia e definirá quem continuará na  competição.

 Ficha do jogo:
Costa Rica: Navas, Umaña, González e Duarte; Gamboa, Tejeda, Celso Borges e Júnior Diaz; Ruíz, Campbell e Bolaños. Técnico: Jorge Luis Pinto.
Grécia: Karnezis (Glykos), Torosidis, Manolas, Papastathopoulos, Cholevas; Maniatis, Kone, Christodoulopoulos, Karagounis e Samaras; Salpingidis. Técnico: Fernando Santos.

Local: Arena Pernambuco, São Lourenço da Mata (PE) Data: Domingo, às 17h. Árbitro: Benjamin Williams (Austrália). Assistentes: Matthew Cream e Hakan Anaz (ambos da Austrália).


sexta-feira, 27 de junho de 2014

Entra em vigor a Lei da Palmada

Foi publicada nesta sexta-feira (27) no Diário Oficial da União a lei que proíbe o uso de castigos físicos e de tratamento cruel ou degradante como formas de correção, disciplina e educação de crianças e adolescentes.
Conhecida como Lei da Palmada, a norma determina que pais, demais integrantes da família, responsáveis e agentes públicos executores de medidas socioeducativas que descumprirem a norma vão receber encaminhamento para um programa oficial ou comunitário de proteção à família, tratamento psicológico ou psiquiátrico e advertência.
O texto prevê ainda que a União, os estados e os municípios deverão atuar de forma articulada na elaboração de políticas públicas e na execução de ações destinadas a coibir o uso de castigo físico ou de tratamento cruel ou degradante e difundir formas não violentas de educação de menores.
Ainda de acordo com a norma, os casos de suspeita ou confirmação de castigo físico, de tratamento cruel ou degradante e de maus-tratos contra criança ou adolescente serão obrigatoriamente comunicados ao conselho tutelar mais próximo.
 

2ª edição de feira gastronômica agita Recife Antigo neste fim de semana


O segundo tempo da feira Gastronomia Show de Bola, opção de lazer para os visitantes do Recife em tempos de Copa do Mundo, acontece neste fim de semana (28 e 29) na Praça do Arsenal, no Bairro do Recife. A feira aposta na gastronomia de rua assinada por chefs e oferece delícias regionais a preços populares. Os pratos variam entre R$ 5 e R$ 10.
Entre os chefs convidados pela Associação Brasileira de Bares de Restaurantes (Abrasel-PE) que criam e recriam receitas em homenagem às seleções está Andrea Casa Grande. Ela homenageia o Brasil e Portugal com coxinha de batata com queijo cheddar e caldeirada portuguesa.
Já os chefs Cesar Santos e Rivandro França apresentam o arrumadinho de charque, angu salgado com guisadinho de cabrito e escondidinho. Lembrando a Coreia do Sul, Luciana Sultanum e Renata Valença preparam sanduíche de frango oriental com crispy de bifum.
O cardápio ainda inclui os japoneses temakis, sunomonos e sushis, por Naoko Yamashina; os italianos gnocchi e risoto, por André Falcão e Duca Lapenda; além de hamburguer, caldinhos e cupcakes preparados pelos chefs Tiago Chagas e Ana Luiza. A feira continua com delícias assinadas por Alcindo Queiroz, Hugo Provout, Thiago Freitas e Biba Fernandes.
 

O COREN E CREMEPE PRECISAM VISITAR CAMARAGIBE: DENÚNCIA DA USF CARMELITAS

A Unidade Básica  de Saúde das Carmelitas, em Camaragibe, próximo ao centro, é a cara do descaso a saúde e aos trabalhadores que passam parte do seu dia num ambiente nocivo pela falta  de condições de trabalho. Os que realmente se importam com uma boa  prestação de serviço e não só com o salário, muitas vezes não aguentam esperar melhoria e pedem pra sair.
 
 
A sala de atendimento médico encontra-se em estado deplorável. Mofo, paredes descascadas, etc.
                       A climatização deixa a desejar
                                   O banheiro está em situação difícil!

É inadmissível que numa "saúde plena" a toalha de mão não seja descartável promovendo mais proliferação de bactérias para trabalhadores e usuários
 O piso inadequado, porta solta, documento  dos pacientes exposto (de fácil acesso), cadê a  informatização?

 O teto descascando, com mofo...



As paredes apresentam rachaduras, 





Servidores e  comunidade    pedem  providências.





 

 
Do lado de fora, a cara da saúde!





Laudicéa

LEI DO PISO SALARIAL DOS ACS E ACE 2014 A VIGORAR EM JANEIRO DE 2015

Presidência da República
Casa Civil
Subchefia para Assuntos Jurídicos
Mensagem de veto
Altera a Lei no 11.350, de 5 de outubro de 2006, para instituir piso salarial profissional nacional e diretrizes para o plano de carreira dos Agentes Comunitários de Saúde e dos Agentes de Combate às Endemias.
A PRESIDENTA DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:
Art. 1o  A Lei nº 11.350, de 5 de outubro de 2006, passa a vigorar acrescida dos seguintes artigos:
Art. 9o-A.  O piso salarial profissional nacional é o valor abaixo do qual a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios não poderão fixar o vencimento inicial das Carreiras de Agente Comunitário de Saúde e de Agente de Combate às Endemias para a jornada de 40 (quarenta) horas semanais.
§ 1o  O piso salarial profissional nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e dos Agentes de Combate às Endemias é fixado no valor de R$ 1.014,00 (mil e quatorze reais) mensais.
§ 2o  A jornada de trabalho de 40 (quarenta) horas exigida para garantia do piso salarial previsto nesta Lei deverá ser integralmente dedicada a ações e serviços de promoção da saúde, vigilância epidemiológica e combate a endemias em prol das famílias e comunidades assistidas, dentro dos respectivos territórios de atuação, segundo as atribuições previstas nesta Lei.”
Art. 9º-B.  (VETADO).”
Art. 9º-C.  Nos termos do § 5o do art. 198 da Constituição Federal, compete à União prestar assistência financeira complementar aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios, para o cumprimento do piso salarial de que trata o art. 9o-A desta Lei.
§ 1o  Para fins do disposto no caput deste artigo, é o Poder Executivo federal autorizado a fixar em decreto os parâmetros referentes à quantidade máxima de agentes passível de contratação, em função da população e das peculiaridades locais, com o auxílio da assistência financeira complementar da União.
§ 2o  A quantidade máxima de que trata o § 1o deste artigo considerará tão somente os agentes efetivamente registrados no mês anterior à respectiva competência financeira que se encontrem no estrito desempenho de suas atribuições e submetidos à jornada de trabalho fixada para a concessão do piso salarial.
§ 3o  O valor da assistência financeira complementar da União é fixado em 95% (noventa e cinco por cento) do piso salarial de que trata o art. 9o-A desta Lei.
§ 4o  A assistência financeira complementar de que trata o caput deste artigo será devida em 12 (doze) parcelas consecutivas em cada exercício e 1 (uma) parcela adicional no último trimestre.
§ 5o  Até a edição do decreto de que trata o § 1o deste artigo, aplicar-se-ão as normas vigentes para os repasses de incentivos financeiros pelo Ministério da Saúde.
§ 6o  Para efeito da prestação de assistência financeira complementar de que trata este artigo, a União exigirá dos gestores locais do SUS a comprovação do vínculo direto dos Agentes Comunitários de Saúde e dos Agentes de Combate às Endemias com o respectivo ente federativo, regularmente formalizado, conforme o regime jurídico que vier a ser adotado na forma do art. 8o desta Lei.”
Art. 9º-D.  É criado incentivo financeiro para fortalecimento de políticas afetas à atuação de agentes comunitários de saúde e de combate às endemias.
§ 1o  Para fins do disposto no caput deste artigo, é o Poder Executivo federal autorizado a fixar em decreto:
I - parâmetros para concessão do incentivo; e
II - valor mensal do incentivo por ente federativo.
§ 2o  Os parâmetros para concessão do incentivo considerarão, sempre que possível, as peculiaridades do Município.
§ 3o  (VETADO).
§ 4o  (VETADO).
§ 5o  (VETADO).”
Art. 9º-E.  Atendidas as disposições desta Lei e as respectivas normas regulamentadoras, os recursos de que tratam os arts. 9o-C e 9o-D serão repassados pelo Fundo Nacional de Saúde (Funasa) aos fundos de saúde dos Municípios, Estados e Distrito Federal como transferências correntes, regulares, automáticas e obrigatórias, nos termos do disposto no art. 3o da Lei no 8.142, de 28 de dezembro de 1990.
Art. 9º-F.  Para fins de apuração dos limites com pessoal de que trata a Lei Complementar no 101, de 4 de maio de 2000, a assistência financeira complementar obrigatória prestada pela União e a parcela repassada como incentivo financeiro que venha a ser utilizada no pagamento de pessoal serão computadas como gasto de pessoal do ente federativo beneficiado pelas transferências.”
Art. 9º-G.  Os planos de carreira dos Agentes Comunitários de Saúde e dos Agentes de Combate às Endemias deverão obedecer às seguintes diretrizes:
I - remuneração paritária dos Agentes Comunitários de Saúde e dos Agentes de Combate às Endemias;
II - definição de metas dos serviços e das equipes;
III - estabelecimento de critérios de progressão e promoção;
IV - adoção de modelos e instrumentos de avaliação que atendam à natureza das atividades, assegurados os seguintes princípios:
a) transparência do processo de avaliação, assegurando-se ao avaliado o conhecimento sobre todas as etapas do processo e sobre o seu resultado final;
b) periodicidade da avaliação;
c) contribuição do servidor para a consecução dos objetivos do serviço;
d) adequação aos conteúdos ocupacionais e às condições reais de trabalho, de forma que eventuais condições precárias ou adversas de trabalho não prejudiquem a avaliação;
e) direito de recurso às instâncias hierárquicas superiores.”
Art. 2o  O art. 16 da Lei no 11.350, de 5 de outubro de 2006, passa a vigorar com a seguinte redação:
Art. 16.  É vedada a contratação temporária ou terceirizada de Agentes Comunitários de Saúde e de Agentes de Combate às Endemias, salvo na hipótese de combate a surtos epidêmicos, na forma da lei aplicável.” (NR)
Art. 3o  As autoridades responsáveis responderão pelo descumprimento do disposto nesta Lei, nos termos do Decreto-Lei no 2.848, de 7 de dezembro de 1940 (Código Penal), da Lei no 1.079, de 10 de abril de 1950, do Decreto-Lei no 201, de 27 de fevereiro de 1967, e da Lei no 8.429, de 2 de junho de 1992.
Art. 4o  (VETADO).
Art. 5o  Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.
Brasília, 17 de junho de 2014; 193o da Independência e 126o da República.
DILMA ROUSSEFF
José Eduardo Cardozo
Guido Mantega
Arthur Chioro
Miriam Belchior
Luís Inácio Lucena Adams
Este texto não substitui o publicado no DOU de 18.6.2014
 
 
 
 
 

Obama pede que América Central 'não envie seus filhos à fronteira'

Obama fala da situação no Iraque nesta quinta (19) (Foto: Kevin Lamarque/Reuters)
Obama fala da situação no Iraque nesta quinta (19)
(Foto: Kevin Lamarque/Reuters)
O presidente de Estados Unidos, Barack Obama, pediu nesta quinta-feira (26) para os pais dos países da América Central que deixem de enviar seus filhos para a fronteira e garantiu que os que chegarem serão enviados de volta e que, no pior dos casos, podem inclusive não chegar.
"Não enviem seus filhos à fronteira", afirmou Obama em uma entrevista para a rede de televisão "ABC", que será transmitida em sua totalidade nesta sexta-feira (27).
"Se chegarem, os enviaremos de volta e, o que é mais importante, eles podem não chegar", destacou o presidente americano.
Obama insistiu que a mensagem da Casa Branca é que os pais "absolutamente, não enviem suas crianças desacompanhadas em trens ou através de grupos de traficantes" de pessoas.
O número de menores não acompanhados que chegaram à fronteira entre EUA e México superou os 52 mil nos últimos nove meses, segundo o Departamento de Segurança Nacional dos EUA.
Além disso, 39 mil adultos acompanhados de crianças foram detidos pelas autoridades.
O número registrou um forte aumento desde o ano passado, quando as autoridades detiveram 24 mil menores não acompanhados.
As crianças vêm, em sua maioria, da América Central e muitas delas são meninas jovens e meninos com menos de 13 anos.
De acordo com as leis americanas, os menores imigrantes ilegais que não são do México não podem ser enviados de forma imediata para suas nações de origem.
As autoridades devem fornecer assistência médica e cobrir outras necessidades básicas antes de entregá-los para familiares ou enviá-los para abrigos para depois se apresentarem em um tribunal de imigração.

Uruguai: Fãs esperam Suárez em aeroporto

(Foto: AFP)
Aeroporto de Carrasco, em Montevidéu, lotou de uruguaios à espera de Luis Suárez. A suspensão pesada da Fifa tirou Luis Suárez da Copa do Mundo, mas entre os uruguaios sua idolatria parece intacta, já que eles lotaram as imediações do Aeroporto de Carrasco, em Montevidéu, para recepcioná-lo. 
´"É melhor tê-lo como amigo...
Punição
Além da suspensão por nove jogos, do banimento por quatro meses de qualquer atividade ligada ao futebol e do pagamento de uma multa, a mordida de Luis Suárez em Giorgios Chiellini ainda fez com que o jogador uruguaio perdesse um de seus patrocinadores. Diante do incidente na vitória do Uruguai sobre a Itália por 1 a 0 na Copa do Mundo, o site "888 poker", um cassino online com várias opções de jogos e apostas reais, resolveu rescindir seu contrato com o atacante do Liverpool. Primeiro, em um pronunciamento oficial por meio de seu site, a empresa afirmou que não pode tolerar comportamentos antidesportivos. Depois, por meio do Twitter, a "888 poker" disse que "terminou sua relação com Suárez".


Coreia do Norte realiza teste de novo míssil teleguiado

 (Foto: KCNA / KNS República da Coreia / Via AFP Photo)
A Coreia do Norte testou com sucesso o lançamento de um novo míssil tático teleguiado sob o comando do líder Kim Jong-un, informou nesta sexta-feira (27) a agência estatal "KCNA", apenas um dia depois de a tensão ter aumentado após o disparo de três foguetes norte-coreanos no mar.
"Kim Jong-un comandou o lançamento de teste dos novos mísseis teleguiados táticos ultra precisos de última geração", informou a agência norte-coreana, sem detalhar o modelo dos projéteis, nem a categoria e o local onde aconteceu o novo exercício militar.
 (Foto: KCNA / KNS República da Coreia / Via AFP Photo)
O jovem líder, citado pela agência norte-coreana, expressou 'grande satisfação' pelo resultado do teste e garantiu que a nova arma permitirá ao regime comunista 'tomar firmemente a iniciativa em qualquer tipo de operação e batalha de uma guerra moderna através de ataques precisos preventivos'.
O meio estatal analisou que o teste acontece em um momento em que Coreia do Sul e EUA 'realizam movimentos extremamente imprudentes para isolar e sufocar a República Popular e Democrática da Coreia (RPDC, nome oficial da Coreia do Norte) e gerar uma guerra de agressão', por isso, essa ação de 'autodefesa' serve para 'encorajar' os militares e o povo norte-coreano.

Presidente da Ucrânia assina acordo de livre comércio com a UE

O presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko (ao centro), comemora a assinatura de um acordo com a União Europeia ao lado do presidente da Comissão Europeia, José Manuel Barroso (à esquerda), e do presidente do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy (à direita), nesta sexta-feira (27) em Bruxelas (Foto: Reuters)nesta sexta-feira (27)  em Bruxelas (Foto: Reuters)
Nesta sexta-feira (27) o presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko, assinou um acordo de livre comércio e cooperação política com a União Europeia, após meses de protestos e confrontos que levaram a uma crise com a Rússia, sinalizando uma ruptura histórica com o país.
O acordo de associação UE-Ucrânia é o mesmo que o antecessor de Poroshenko, o destituído Viktor Yanukovitch, se recusou a assinar em novembro, o que provocou uma onda de protestos, a queda de Yanukovitch e o conflito com a Rússia, que anexou em março a Crimeia a seu território.
A UE também assinou o acordo de associação com a Geórgia e a Moldávia, outras duas ex-repúblicas soviéticas que desejam uma aproximação da Europa, apesar das pressões da Rússia.
O acordo de associação, inédito na história da UE, representa uma ampla cooperação com os três países em troca de compromissos na luta contra a corrupção e para avançar em um Estado de direito.
"É um grande dia para a Europa. A União Europeia está a seu lado, hoje mais do que nunca", declarou Herman Van Rompuy, presidente do Conselho Europeu.
o primeiro-ministro georgiano, Irakli Garibashvili, e o primeiro-ministro moldávio, Yuri Leanca, assim como os 28 chefes de Estado e de Governo da UE, assinaram o acordo durante uma reunião de cúpula em Bruxelas.
Mas o vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia, Grigori Karasin, 
advertiu para as consequências.
"A assinatura por parte de Ucrânia e Moldávia do acordo terá 
graves consequências", declarou à agência Interfax.
Poroshenko assinou ainda o segundo capítulo do acordo de associação, concretamente sobre o comércio, que pretende suprimir a maioria das barreiras alfandegárias entre a Ucrânia e os países da UE.
O primeiro-ministro ucraniano, Arseni Yatseniuk, assinou na terça-feira o primeiro capítulo, de ordem política.

quinta-feira, 26 de junho de 2014

BRASIL: O país da impunidade

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), modificou decisões tomadas por Joaquim Barbosa e autorizou que quatro presos do processo do mensalão voltem a trabalhar: o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, os ex-deputados federais Valdemar Costa Neto e Pedro Corrêa, além do ex-tesoureiro do extinto PL Jacinto Lamas.
As decisões foram tomadas na noite de quarta-feira (25) depois de o plenário do Supremo ter liberado o trabalho externo para o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu.
A decisão do ministro deve ser comunicada às VEPs nesta sexta (27). Mediante a comunicação, a vara informará o presídio sobre a autorização de trabalho. A expectativa é de que todos comecem a trabalhar na próxima semana.
Das oito propostas de emprego de condenados do processo do mensalão que Barbosa havia rejeitado, somente uma está pendente: a do ex-deputado Bispo Rodrigues, que está sendo avaliada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

RECIFE: SEEPE e enfermeiros realizam nova mobilização na Câmara de Vereadores

Os enfermeiros vinculados a Prefeitura da Cidade do Recife, mesmo debaixo muita chuva, realizaram, na manhã desta quarta-feira (25), mais uma mobilização em frente à Câmara de Vereadores do Recife, para entregar um documento solicitando o adiamento da votação do Projeto de Lei com o reajuste oferecido pela gestão. Uma comissão foi formada e entregou em todos os gabinetes dos vereadores da Casa José Mariano o documento solicitando apoio para o adiamento da votação. A prefeitura ofereceu um aumento de pouco mais de 5% a partir de novembro, mas a categoria pede um reajuste de 27,43% no salário base correspondentes às perdas salariais acumuladas de 2012 e retroativo a data base da categoria que é no mês de março.
Ainda pela manhã, representantes das categorias estiveram na Prefeitura da Cidade do Recife para uma reunião com o Secretário de Saúde Jailson Correia e o Secretário de Administração Marconi Muzzio. Porém, segundo o presidente do Sindicato dos enfermeiros no Estado de Pernambuco Wagner Cordeiro não houve acordo. “Vamos continuar lutando para que Recife tenha uma saúde de qualidade e que valoriza o seu profissional. Não vamos aceitar esse descaso! Não tem como compreender um governo que afirma não ter dinheiro para oferecer um aumento justo, mas que aumenta a despesa da PCR com 160 cargos comissionados. Isso é inconcebível!”, explicou Wagner Cordeiro.CLIQUE PARA AMPLIAR
O Presidente da Câmara de Vereadores, Vicente André Gomes, que sinalizou de forma receptiva ao pleito os profissionais da saúde do Recife,ficou de receber a Comissão formada pelas categorias na tarde desta quarta-feira(25), às 16 horas
O SEEPE se compromete a acompanhar o andamento da situação passo a passo. Desde já, os enfermeiros estejam em alerta para a possibilidade de convocação de uma assembleia em caráter de urgência.

Fonte:http://www.sindenf-pe.org.br/index.php?categoria=noticias_principais_01&codigo_noticia=25062014163653&pag=&cat=

Juiz dos EUA rejeita novo pedido sobre dívida da Argentina


Apesar de ter pago nesta quinta-feira (26), antes do prazo, a parcela de US$ 1 bilhão da dívida a credores que aceitaram a renegociação, a Argentina poderá ter o depósito embargado, o que, na prática, poderia vir a configurar um calote.
Isso porque também nesta quinta-feira, a Justiça dos Estados Unidos rejeitou pedido da Argentina para suspender um dos efeitos da decisão da semana passada que determinou o pagamento de US$ 1,33 bilhão para o grupo formado por credores de fundos especulativos.
A Argentina havia pedido que a decisão favorável aos fundos especulativos fosse suspensa para criar condições apropriadas para negociar uma saída à situação.
Os credores que aceitaram a renegociação têm recebido do governo argentino pagamentos parcelados – a chamada dívida reestruturada. Foi uma dessas parcelas que o governo argentino pagou nesta quinta.
Na semana passada, após os fundos especulativos terem ganhado o direito de exigir o pagamento integral de US$ 1,33 bilhão devidos, o Ministério da Economia argentino ameaçou dar um calote, afirmando que a decisão judicial impossibilitava o pagamento em Nova York da próxima parcela da dívida reestruturada.
Com a decisão desta quinta, o dinheiro da parcela de R$ 1 bilhão depositado poderia ficar bloqueado até que o governo argentino tenha o suficiente para pagar a todos os credores.
O pagamento desta quinta-feira implicou um depósito de US$ 832 milhões, dos quais US$ 539 milhões foram depositados nas contas do Bank New York Mellon. O total de US$ 1 bilhão inclui o pagamento de vencimentos em pesos, detalhou o Ministério da Economia argentino em um comunicado que explicou a operação.
O ministro da Economia, Axel Kicillof, afirmou que foi feito o pagamento nesta quinta porque na sexta é feriado bancário na Argentina, e o contrato determina que o depósito deve ser feito no último dia útil antes do vencimento, que é na próxima segunda-feira (30).


Fonte:G1

O CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE DE CAMARAGIBE PEDE SOCORRO!

O Conselho Municipal de Saúde de Camaragibe, existe há 22 anos. Mesmo com dificuldades é um dos conselhos, entre os 18 existentes, que mais atua na cidade.Com calendário anual de reuniões quinzenais, sendo a segunda reunião do mês destinada a debates e apresentação dos Programas de Saúde do Município pelos gestores, o CMS ainda promove audiências Públicas com temas de relevância popular.O CMS, é composto de comissões e uma delas, a de finanças, se reúne  a cada 15 dias. Muitas vezes, até em dias de feriado como foi na Páscoa e ultimamente, no dia (20/06) dia de jogo da copa e feriado na cidade, menos para a comissão.

Este é o cartão postal do CMS. A porta solta, quebrada há meses, fechada apenas com um quadro de aviso. O conselho já solicitou conserto, porém, mesmo o secretário de saúde liberando, as dificuldades administrativas e burocráticas não facilitam.
Desde que a nova gestão assumiu a prefeitura que resolveram colocar uma senha travando a  internet e comunicação do conselho deixando-o "ilhado" sem acesso aos Conselhos Estadual e Nacional. Nunca na história do CMS, existiu essa postura de nenhum gestor.
falta de estrutura, estantes e recursos humanos. A cozinha falta armários e vasilhames decentes de uso diário

 O acesso ao banheiro dos cadeirantes está com o piso grosso, inacabado. A porta quebrada, quase se soltando da dobradiça, o teto precisando de reparos... há muito tempo o conselho solicita melhorias.A máquina de fotos do "tempo de D. João VI",(que quando debandou deve ter esquecido) não funciona mais, o data show, solicitado não tem "data" pra chegar. O telefone quebrado, só chama quando quer e ainda se precisa segurar o fio pra poder ouvir (mau contato). O gravador não existe mais. Tá difícil!


A impressora, que o pleno do conselho deliberou a compra, foi locada e a cópia do contrato de locação, mesmo sendo solicitada há muito pelo conselho,a prefeitura ainda não disponibilizou, sem contar que ainda cobram por cada cópia feita, o conselho não entende isso. Seria o mesmo que locar uma geladeira e cobrar por cada água  que ela gelar. A porta da sala está com a fechadura quebrada.

 O banheiro interno, há muito tempo está com a descarga quebrada e a bacia sem tampa. Por falta da descarga, junta-se baldes d'água, contrariando um dos cuidados com a Dengue



Na frente do conselho, o que antes era proibido, agora foi liberado. Estacionamento livre, fechando na maioria do tempo  todo o acesso dos cadeirantes.
O secretário executivo do CMS reclama, porém, nada acontece!


A comissão de finanças, se reuniu nesta sexta-feira (20) para planejamento e encaminhamento de  documento ao MS, solicitando providências visto que, em Camaragibe, "água mole em pedra dura, tanto bate até que fica ainda mais dura".
De acordo com a CF, a lei   8.142/90 e a Resolução 453/12, o Conselho de Saúde é autônomo e independente e tem poderes de decidir o seu RH, obtendo seu CNPJ, porém, apesar de deliberações no pleno do conselho, constando inclusive no PAM e REG, estamos solicitando orientação ao Conselho Nacional de Saúde para que haja agileza nos trâmites e o Conselho pare de "mendigar" condições de funcionamento.

Contra os fatos, não há argumentos.


Laudicéa




Pesquisar este blog