Google+ Followers

terça-feira, 8 de julho de 2014

Israel bombardeia Gaza e foguetes de militantes atingem Tel Aviv

Pelo menos 16 pessoas foram mortas em ataques na Faixa de Gaza nesta terça-feira (8), disseram autoridades palestinas, e Israel ameaça uma ofensiva de fôlego contra militantes cujos foguetes chegaram a atingir Tel Aviv. Segundo a rede BBC, 25 pessoas morreram e a agência France Presse informa 17 mortos.
Israelenses corriam para se abrigar ao som das sirenes na movimentada capital financeira israelense durante o ataque mais intenso de Gaza desde o início das hostilidades, três semanas atrás.
Os militares disseram que seu sistema antimísseis, o Domo de Ferro, abateu um foguete que o grupo Jihad Islâmica assumiu ter disparado. A televisão mostrou ao vivo duas colunas de fumaça no céu azul sobre Tel Aviv quando o foguete foi interceptado.
Explosões ecoaram pela densamente povoada Faixa de Gaza, sacudindo edifícios e erguendo colunas de fumaça. Em áreas residenciais, o choro de crianças podia ser ouvido em meio ao uivo das sirenes das ambulâncias.
Pelo menos 12 civis, incluindo cinco crianças, estão entre os 16 mortos em Gaza, informaram autoridades palestinas. Do lado israelense, o impacto dos foguetes feriu pelo menos duas pessoas, segundo médicos.
Israel afirmou que uma invasão terrestre a Gaza é possível, mas não iminente, e exortou os cidadãos que vivem a até 40 quilômetros do enclave a ficar perto de abrigos antiaéreos.
Na cidade portuária israelense de Ashdod, motoristas saíram às pressas de seus carros e correram rumo às entradas relativamente seguras de blocos de apartamentos quando as sirenes soaram, uma cena repetida em outras cidades de Israel próximas da Faixa de Gaza.
 

Pesquisar este blog