Google+ Followers

quinta-feira, 10 de julho de 2014

Obama manifesta temor por aumento da tensão em Israel

Nesta quinta-feira (10), o presidente americano Barack Obama,  expressou ao primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, seu temor por uma escalada no confronto entre Israel e o Hamas, e se apresentou para mediar negociações por um cessar-fogo.
Em uma conversa por telefone com o premiê israelense.
"Os Estados Unidos se mantêm dispostos a mediar negociações pelo fim das hostilidades, incluindo um retorno ao acordo de cessar-fogo de novembro de 2012", indicou a nota.
O acordo de 2012, mediado pela ex-secretária de Estado americana Hillary Clinton e pelo Egito, acabou com oito dias de ofensiva aérea israelense contra o Hamas.
Obama também afirmou que entende que Israel queira se defender e que condena os disparos de foguetes do Hamas e de outros grupos a partir de Gaza.
O presidente americano enviou condolências às famílias dos três jovens israelenses assassinados na Cisjordânia, crime que desencadeou uma onda de violência entre o Estado judeu e o Hamas, e saudou o fato de Israel ter detido rapidamente os suspeitos pela morte de um adolescente palestino, queimado vivo em uma suposta ação de represália pela morte dos três israelenses.

Pesquisar este blog