Google+ Followers

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Termina a greve dos motoristas de ônibus no Recife

TRT fixa 10% de aumento e greve de ônibus chega ao fim no Grande Recife
(Foto: Vitor Tavares/G1)

O Tribunal Regional do Trabalho da 6º Região (TRT-PE) fixou em 10% o reajuste salarial para motoristas, cobradores e fiscais de ônibus do Grande Recife, no julgamento do dissídio coletivo da categoria, realizado na tarde desta quarta-feira (30). O TRT também determinou o fim da greve, deflagrada na última segunda (28), e o retorno dos trabalhadores aos postos de trabalho a partir da 0h desta quinta (31). O Sindicato dos Rodoviários comemorou a decisão e disse que vai cumprir a ordem judicial. O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros no Estado de Pernambuco (Urbana-PE), que reúne os empresários do setor e oferecia aumento de 5%, informou que vai analisar se entrará com recurso no Tribunal Superior do Trabalho (TST).
Com o aumento de 10%, os salários passam a ser de R$ 1.765,50 (motoristas) e R$ 811,80 (cobradores), respectivamente. Já os fiscais que recebem R$ 1.037 passam a ganhar R$ 1.140,70. Atualmente, os salários são de R$ 1.605 (motoristas) e R$ 738 (cobradores). 
Os desembargadores também elevaram de R$ 171 para R$ 300 o valor do tíquete-refeição dos rodoviários.
"Convoco todos os trabalhadores a a voltarem ao trabalho, depois da vitória de todos os rodoviários. É o sinal da seriedade, de fazer uma greve dentro da lei, com respeito", disse o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Benilson Custódio.
Oito dos 13 desembargadores presentes votaram a favor do aumento de 10%. O presidente do TRT-PE, desembargador Ivanildo da Cunha Andrade, só votaria em caso de empate
.

Pesquisar este blog