Google+ Followers

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Brasil: Com morte do candidato a presidente, lei sancionada por Dilma tornando sigilosa a investigação de acidentes aéreos vira assunto nas redes sociais

Lei foi sancionada por Dilma no dia 09 de maio deste ano e tornou sigilosas as investigações de acidentes aéreos feitos pela aeronáutica.
Polícia e Ministério Público só podem ter acesso aos dados da caixa preta da aeronave, por exemplo, mediante autorização judicial. Outras regras foram criadas como a manutenção das informações sob segredo de justiça. A intenção seria evitar que os dados do acidente sejam usados como objeto de acusação em processos criminais contra suspeitos de causar determinado acidente.
Isso porque o interesse da investigação de um acidente aéreo conduzida pelo CENIPA é achar falhas que evitem novos acidentes e não procurar culpados diz órgão.
Pela lei, o depoimento de alguém que tenha participado de um acidente não poderá  ser usado no tribunal.
Com morte prematura em desastre aéreo do candidato ao planalto Eduardo Campos na manhã desta quarta a lei aprovada por Dilma virou um dos assuntos mais comentados das redes sociais.
"É muito sugestivo..."

Pesquisar este blog