Google+ Followers

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

EBOLA: Libéria declara estado de emergência

A presidente da Libéria, Ellen Johnson-Sirleaf, declarou nesta quarta-feira (6) estado de emergência para combater um surto de ebola, dizendo que a escala da epidemia representa uma ameaça à segurança do país.
“Eu aqui declaro efetivo estado de emergência em toda a República da Libéria a partir de 6 de agosto de 214 por um período de 90 dias.”
Pelo menos 932 pessoas morreram vítimas do vírus ebola desde março na África Ocidental, em um total de 1.711 casos registrados, segundo divulgou a OMS. A doença pode ser transmitida pelo contato direto com fluidos de uma pessoa infectada. Os sintomas incluem febre, diarreia, vômitos, ou sangramento.
Libéria, Serra Leoa e Guiné são os três países mais afetados pelo surto na África Ocidental. O alarme global com a propagação da doença aumentou quando o norte-americano Patrick Sawyer morreu na Nigéria no mês passado depois de passar pela Libéria.
Nesta quarta e quinta-feira, o Comitê de Emergências da Organização Mundial da Saúde (OMS) organiza uma reunião sobre a epidemia de febre hemorrágica do ebola para decidir se o problema representa uma "emergência de saúde pública de alcance mundial".
A OMS também disse que deverá promover um encontro de especialistas em ética médica na próxima semana, para discutir as implicações de tornar tratamentos com droga experimental acessíveis mais amplamente.
O comitê anunciará a conclusão na manhã de sexta-feira (8).

Pesquisar este blog