Google+ Followers

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

São Paulo: Pichadores protestam contra morte de colegas por PMs






Na noite desta quinta-feira (7), pichadores realizamum protesto no Centro de São Paulo conta a morte de Alex Dalla Vecchia Costa, de 32 anos, e Ailton dos Santos, de 33. A dupla foi morta por PMs na semana passada dentro de um prédio residencial na Mooca.
Também nesta quinta, quatro policiais tiveram a prisão temporária decretada pela Justiça por suspeita de envolvimento nas mortes dos pichadores. O pedido foi feito pela Corregedoria da Polícia Militar.
Os quatro policiais são um 1º tenente de 28 anos que trabalhava há sete anos e meio na PM; um 1º sargento de 45 anos, há 27 anos na corporação; um cabo de 45 anos, 20 deles na polícia e outro cabo de 38 anos e mais de 13 anos de carreira. Cada um deles já tinha duas mortes anteriores a este incidente investigadas pela corregedoria.
O tenente-coronel Marcelino Fernandes, chefe do departamento técnico da Corregedoria da PM, afirmou que há diversas evidências que fazem cair por terra a versão dos policiais de que houve tiroteio.
Os policiais afirmaram que, para se proteger, revidaram os tiros, baleando os suspeitos, que morreram. O DHPP aguarda laudos técnicos do Instituto Médico Legal (IML) e do Instituto de Criminalística (IC) para saber quantos disparos foram feitos e quantas perfurações as vítimas sofreram. A maior parte dos ferimentos foi no tórax.

Pesquisar este blog