Google+ Followers

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Pernambucana não tem notícias da filha há cinco meses nos EUA

O último encontro entre mãe e filha ocorreu no dia 1º de abril, durante audiência  / Foto: reprodução/Facebook
O último encontro entre mãe e filha ocorreu no dia 1º de abril, durante audiênciaFoto: reprodução/Facebook
Há mais de cinco meses, a pernambucana Karla Janine Sarmento não tem notícias da sua filha, Amy, de 7 anos. O último encontro com a criança ocorreu no dia 1º de abril, dois dias antes de a menina ser entregue ao pai, o americano Patrick Joseph Galvin, registrado como sex offender na Flórida e quem Karla acusa de ter abusado sexualmente da garota. No próximo dia 15 de setembro, a pernambucana lutará pelo direito de visitar a filha, em nova audiência agendada pela justiça. Ambas moram nos Estados Unidos, onde a criança nasceu. 
"Só quero ver a minha filha, saber se está bem, se está estudando. Sei que ainda falta muito para tê-la de volta, mas considero esta audiência uma pequena vitória. Não sou nada sem ela. Sinto um vazio muito grande, sou coco sem água", afirma Karla.
A pernambucana, que teve o seu caso divulgado na mídia quando foi presa em janeiro deste ano acusada de fugir com a filha da Flórida para o Texas sem autorização da justiça, explicou que decidiu seguir orientação da advogada e manter o silêncio até que o processo criminal de sequestro fosse julgado.

Pesquisar este blog