Google+ Followers

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Pernambuco pretende eliminr filariose linfática

Pernambuco inicia a partir desta segunda-feira (08/09), seu processo de verificação da eliminação da filariose. A Pesquisa de Avaliação de Transmissão (TAS) será realizada nos municípios de Olinda, Recife e Jaboatão dos Guararapes, simultaneamente, com término em outubro de 2014. Serão trabalhadas as escolas das áreas que foram submetidas ao tratamento coletivo por mais de 5 anos e que obtiveram cobertura de tratamento acima de 65%. Para esse inquérito serão utilizados a técnica de coleta de sangue capilar para a realização do teste imunocromatográfico em cartão (ICT) para filariose. 
A filariose linfática, doença parasitária transmitida pela muriçoca espécie Culex quinquefasciatus, é considerada endêmica no Brasil apenas em Pernambuco, nos municípios de Paulista, Olinda, Recife e Jaboatão dos Guararapes. As atividades de controle no Estado iniciaram em 2003. Em 2014 não foram diagnosticados casos.
Em março de 2014, foi organizado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), com apoio do Ministério da Saúde (MS) e coordenação da OPAS/OMS, um treinamento com os municípios de Olinda, Recife e Jaboatão dos Guararapes visando a preparação para realização do TAS. 
No período de 05 a 07 de agosto deste ano, foi realizada na cidade de San José – Costa Rica, a Reunião Regional dos Gerentes do Programa para a Eliminação da Filariose Linfática nas Américas. O comitê revisor da OPAS/OMS validou o TAS piloto de 2013 e estabeleceu oficialmente o total acordo da OPAS/OMS para que o Brasil, estado de Pernambuco, inicie o processo de verificação da eliminação da transmissão através do TAS em todas as áreas que foram propostas.

Fonte:http://portal.saude.pe.gov.br/noticias/secretaria-executiva-de-vigilancia-em-saude/pernambuco-quer-eliminacao-da-filariose

Pesquisar este blog