Google+ Followers

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Preso 2º suspeito por morte de comandante de UPP

Nesta sexta-feira (12) foram presos dois suspeitos da morte do capitão Uanderson Manoel da Silva, comandante da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Nova Brasília, no Conjunto de Favelas do Alemão, na Zona Norte do Rio, nesta quinta-feira (11). Segundo a Polícia Militar, um deles, estava escondido em uma fábrica ocupada desde março, conhecida como Favela Tuffy.
Durante a ação da polícia para achar e prender o suspeito, houve tumulto com moradores. Alguns tentaram fechar a Avenida Itaoca, em protesto. Bombas de efeito moral foram lançadas.
Outro suspeito, Cassiano da Silva Harris, de 20 anos, foi preso nesta madrugada. Ele foi reconhecido por PMs da UPP como o responsável por atirar um artefato contra um carro da PM cerca de 20 a 30 minutos antes do confronto que terminou com a morte do comandante. Segundo o delegado, assistente da 22ª DP (Penha), Carlos Eduardo Rangel, um artefato similar foi encontrado próximo ao local onde morreu o capitão.
Ainda de acordo com Rangel, Cassiano é conhecido pelo envolvimento com o tráfico de drogas e por ser um braço armado no Alemão. A polícia entrou com um pedido de prisão preventiva do criminoso, que foi aceito no plantão judiciário. As buscas por outros envolvidos continuam, com PMs de UPPs, do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e agentes da Polícia Civil.

Pesquisar este blog