Google+ Followers

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE DE CAMARAGIBE REFORÇA A NECESSIDADE DE CONVOCAÇÃO DOS CONCURSADOS 2012

Conceição, Eduardo, Natália e Juliana
Na reunião do Conselho Municipal de Saúde de Camaragibe nesta segunda-feira (15), teve  a presença da nova(Coordenadora de  Atenção Básica), Sra Juliana.A mesma foi sabatinada pelos participantes.

Informe: 
  • Aquisição de máquina fotográfica para o CMS. A "Jurassic" que existia, foi tombada.

Denúncias: 
  • Queixa do constante fechamento de plantão no Cemec Centro 
  • Queixa da ausência de ACS em algumas áreas. Algumas  por motivo de doença e outras, por estarem há anos a disposição de políticos, prestando serviço em gabinetes enquanto os pacientes ficam descobertos, sem a visita dos Agentes de Saúde 
  • Queixa de ACS deixando de ir para sua área para fazerem o serviço de limpeza na USF por ausência do profissional de serviços gerais
  • Falta de segurança em camaragibe. Constantes assaltos e para agravar a situação, houve queixa do mau atendimento na delegacia,  de  assalto com violência física e  recusa na delegacia em  realizar o B.O
  • Ausência de convocação dos concursados 2012, como consta no compromisso formal da prefeitura com o MPPE em junho 2014, para convocação de 30 técnicos em enfermagem até o dia 30 de agosto de 2014 e até agora, nada!
  • Queixa da Maternidade Amiga da Família de Camaragibe: Reforma mal feita, pintura mal feita, falta de médicos ( quase todos os plantões fechados), Portas trocadas de péssima qualidade, retirada de Guarda Municipal (eram 02) agora é apenas  (01) ficando os profissionais inseguros pois o GM precisa descansar e não tem rendição para isso, sem contar da falta de grade nas janelas e portas. Enquanto isso...os Guardas do concurso 2012, aguardam a convocação
  • Falta de cota de Endoscopia Digestiva para a USF São Jorge
  • Falta de solução no MPPE, 4ª Comarca, Camaragibe que segundo a queixa apresentada, o motivo seria por conveniência da promotora Nancy Tojal, pois a mesma tem a irmã como serviço prestado paga por empenho e dois cargos além da cunhada trabalhar na MAFCg. Segundo o entendimento apresentado, não há como negar privilégios e dessa forma, não se toma medidas de punho contra a gestão. Apesar do Associação do Ministério Público de Pernambuco ter feito uma nota de esclarecimento e apoio a referida promotora em janeiro de 2014, após  queixa. ELES, não moram em Camaragibe e não podem falar pelos munícipes e trabalhadores.
  • Queixa da reforma na USF Nazaré. A mesma iniciou e parou. A areia está sendo saqueada 
  • queixa de diminuição dos GMs no Cemec Centro ( eram 02) agora apenas (01) e com a porta da pediatria com defeito deixando os servidores inseguros.
  • Queixa do local onde funcionava o posto do Bairro Novo que foi transferido para o antigo Cemec e virou 'ponto suspeito'. O muro está quebrado, o prédio abandonado
Gleyse Amaral, Emanoel Vicente, Laudicéa Ramos, Ronaldo José, Conceição Silva e Flavyana Santos
O seguimento do Trabalhador foi reforçado com Flavyana Santos, enfermeira do Cemec Centro

A coordenadora do CMS anotou todas as demandas e se comprometeu em levar ao secretário de saúde e trazer respostas.

Laudicéa

Pesquisar este blog