Google+ Followers

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Santa Casa de SP acumula dívida de mais de R$ 433 milhões

Osmar Mikio, coordenador da comissão técnica, David Uip, secretário estadual de saúde, e Olímpio Bittar, coordenador dos hospitais de ensino (Foto: Paula Paiva Paulo/G1)
 Casa (Foto: Paula Paiva Paulo/G1)
A situação financeira da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo aponta   dívida de R$ 433,5 milhões. O relatório divulgado nesta segunda-feira (29), aponta ainda que seu patrimônio líquido que não inclui os imóveis - caiu 98,5% em quatro anos, e passou de R$ 220,3 milhões em 2009 para R$ 323 mil em 2013.
A auditoria foi realizada após o fechamento do pronto-socorro da Santa Casa, em 22 de julho, por dívida com os fornecedores. Ela foi realizada por uma comissão técnica instituída pela Secretaria de Estado da Saúde, com representantes do Ministério da Saúde, da Secretaria Municipal de Saúde e do Conselho Estadual de saúde.
Em dezembro de 2009, a dívida da instituição era de R$ 146,1 milhões. Quatro anos depois, ela saltou para R$ 433,5 milhões. No mesmo período, o prejuízo da instituição saltou de R$ 12,8 milhões para R$ 167,9 milhões.
O secretário de estado da Saúde, David Uip, informou que a partir desta terça-feira, uma comissão formada por até quatro integrantes irá acompanhar a gestão da Santa Casa diariamente. O estado também assumirá os custos da instituição. 
Uip afirmou que irá se reunir nesta terça com a Santa Casa, que irá apresentar uma proposta de gastos. Atualmente, o repasse mensal do Estado é de R$ 14 milhões, somados ao R$ 20 milhões do Ministério da Saúde.

Pesquisar este blog