Google+ Followers

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Ex-seguranças da empresa Blackwater são culpados por massacre no Iraque

Nesta quarta-feira (22) quatro ex-funcionários da empresa de segurança Blackwater foram declarados culpados por seu envolvimento em um tiroteio de 14 iraquianos em Bagdá, em 2007.
Um júri de Washington declarou Nicholas Slatten culpado por homicídio qualificado, enquanto que Paul Slough, Evan Liberty e Dustin Heard foram condenados por homicídio doloso.
Os funcionários da Blackwater estavam protegendo um comboio diplomático em 16 de setembro de 2007 em uma praça em Bagdá quando abriram fogo contra um grupo de pessoas
Um total de 17 civis iraquianos desarmados morreram, de acordo com as autoridades locais, enquanto que os Estados Unidos afirmam que foram 14. Dezoito pessoas ficaram feridas.
A matança intensificou o ressentimento dos iraquianos contra os americanos, e foi denunciada como um exemplo de impunidade das empresas particulares de segurança atuando em solo iraquiano.

Pesquisar este blog