Google+ Followers

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Flanelinhas: "Donos da rua"

Temidos por motoristas, os flanelinhas continuam sendo alvo de críticas pela atuação nas ruas do Recife. Pedido antecipado de dinheiro, ameaças e danos aos veículos estacionados fazem parte das denúncias. Apesar disso, a fiscalização a essa atividade permanece precária. A Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano (Semoc) e a Polícia Militar não se entendem sobre a responsabilidade de cada órgão para evitar irregularidades e reprimir excessos.
O problema não se restringe ao Centro do Recife. Nas ruas próximas a universidades e a restaurantes, nas zonas Norte e Sul, é difícil o motorista não encontrar alguém com a mão levantada ou correndo para fazer a abordagem. Em locais onde há shows e festas, a cobrança, bem acima do preço pago normalmente, precisa ser antecipada.
A Semoc reconhece as dificuldades. A PM afirma que cabe ao município regular a ação dos guardadores. Motoristas dizem que os flanelinhas agem mesmo quando há agentes de trânsito ou PMs próximos.

Pesquisar este blog