Google+ Followers

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Jihadistas enviam reforços para combater curdos em Kobane

Neste domingo (12) o grupo Estado Islâmico (EI) enviou mais combatentes a Kobane para reforçar sua luta contra os curdos  que fazem uma resistência feroz na cidade síria símbolo mundial da lutra contra os jihadistas.
No Iraque, pelo menos 40 pessoas, em sua maioria ex-soldados das forças curdas que queriam unir-se à luta contra o EI, morreram nas explosões de três carros-bomba perto de edifícios estratégicos de Qara Tapah, cidade sob controle curdo ao nordeste de Bagdá.
O atentado foi reivindicado pelo EI em contas do Twitter associadas ao grupo jihadista. As mensagens afirmaram que os homens-bomba eram originários de Alemanha, Arábia Saudita e Turquia.
A defesa feroz das forças curdas obrigou o EI a convocar reforços, procedentes de Raqa e Aleppo, redutos jihadistas do norte da Síria, segundo o OSDH.

Pesquisar este blog