Google+ Followers

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Nasa anuncia que águas profundas dos oceanos pararam de esquentar


Calor que irradia do Oceano Pacífico é visto em imagem de satélite divulgada pela NASA em 6 de outubro. As regiões azuis indicam camadas espessas de nuvens (Foto: AFP Photo/NASA/Handout)
Calor que irradia do Oceano Pacífico é visto em
imagem de satélite divulgada pela NASA em 6 de
outubro. As regiões azuis indicam camadas
espessas de nuvens (Foto: AFP Photo/NASA/
Handout)
 
A temperatura média das águas frias dos oceanos parou de aumentar desde 2005, o que traz novos questionamentos aos cientistas sobre por que o aquecimento global parece ter diminuído nos últimos anos, apesar do aumento das emissões de gases causadores de efeito estufa.
Uma das principais hipóteses apresentadas até agora para explicar este paradoxo é que o calor acumulado pelos oceanos desceu a grandes profundidades.
Os cientistas da Nasa, do Laboratório de Propulsão a Jato (JPL) em Pasadena (Califórnia, oeste), analisaram a temperatura dos oceanos entre 2005 e 2013, com base em medições realizadas com satélites e diretamente em águas oceânicas, com 3 mil boias distribuídas por todo o mundo.


Pesquisar este blog