Google+ Followers

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Congresso espanhol pede reconhecimento de Estado Palestino


O Congresso espanhol aprovou nesta terça-feira (18) uma proposição que pede ao governo conservador o reconhecimento da Palestina como um Estado, em uma votação apoiada pelos socialistas e os governistas do Partido Popular (PP).
A proposição afirma que o reconhecimento da Palestina como Estado "deve ser consequência de um processo de negociação entre as partes" e pede que a medida "seja promovida de maneira coordenada no seio da União Europeia" visando uma "solução definitiva e global (...) baseada em dois Estados".
A moção foi aprovada pela ampla maioria de 319 votos contra dois e uma abstenção.
A proposição já estava prevista na ordem do dia, antes do ataque realizado nesta terça por dois homens, supostamente palestinos, contra uma sinagoga de Jerusalém e que matou quatro israelenses.
O texto pede ao governo conservador que "reconheça a palestina como Estado, sujeito de direito internacional", e reafirma que "a única solução possível para o conflito é a coexistência de dois Estados - israelense e palestino".
Este reconhecimento, destaca a moção, "deve ser consequência de um processo de negociação entre as partes que garanta a paz e a segurança para ambas, o respeito aos direitos dos cidadãos e a estabilidade regional".
O pedido do Congresso foi feito pouco mais de duas semanas após a Suécia reconher a Palestina como Estado.


Pesquisar este blog