Google+ Followers

domingo, 16 de novembro de 2014

Ebola: Médico transferido aos EUA está 'gravemente doente'


Martin Salia, médico que contraiu Ebola em Serra Leoa (Foto: United Methodist News Service/Mike DuBose/AP)
Martin Salia, médico que contraiu Ebola em Serra
Leoa (Foto: United Methodist News Service/
Mike DuBose/AP)
O médico de Serra Leoa infectado com o vírus Ebola e transferido no sábado (15) para os Estados Unidos está "seriamente doente", informou o hospital onde ele está internado.
Depois de ser submetido a um exame minucioso, os médicos consideraram que o cirurgião está em "condições extremamente críticas".
O Dr. Martin Salia, um residente dos Estados Unidos que trabalhava no hospital Connaught de Freetown, é o primeiro cidadão de Serra Leoa com Ebola a ser repatriado para os Estados Unidos, que já tratou nove pacientes.
Martin Salia, médico que contraiu ebola em Serra Leoa, é transportado ao Nebraska Medical Center, em Omaha, após chegar aos Estados Unidos na tarde de sábado (15) (Foto: AP Photo/Nati Harnik)
Martin Salia, médico que contraiu ebola em Serra Leoa, é transportado ao Nebraska Medical Center, em Omaha, após chegar aos Estados Unidos na tarde de sábado (15) (Foto: AP Photo/Nati Harnik)
Salia está internado no Nebraska Medical Center, um estabelecimento especialmente equipado para tratar pacientes infectados com o vírus. Salia é o terceiro afetado por Ebola a ser tratado neste local. Os outros dois pacientes sobreviveram à doença.
Não há tratamento conhecido para a febre hemorrágica Ebola, altamente virulenta, mas, atualmente, existem vários medicamentos que estão sendo testados.
A atual epidemia, a pior desde que o vírus foi descoberto em 1976, já deixou mais de 5.177 mortos, especialmente na Guiné, Serra Leoa e Libéria.

Pesquisar este blog