Google+ Followers

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Obama anuncia plano de imigração que protege 5 milhões da deportação

O presidente americano, Barack Obama, apresentou em discurso na Casa Branca seu aguardado plano de reforma migratória,
Obama durante pronunciamento na Casa Branca na noite desta quinta-feira (20) (Foto: Jim Bourg/Reuters)
Obama  (Foto: Jim Bourg/Reuters)
afirmando que o conjunto de medidas que assinou para regularizar a situação de cerca de cinco milhões de imigrantes em situação ilegal tornará o sistema 'mais justo e equilibrado'. A ação, tomada por decreto e sem consulta ao Congresso, gerou reações de líderes do Partido Republicano, que terá maioria no Legislativo a partir do próximo ano. A oposição considera a proposta ilegal.
Com o novo programa, cerca de quatro milhões de imigrantes sem documentos poderão solicitar, a partir da primavera no hemisfério norte, uma permissão de trabalho de três anos, e uma proteção contra a deportação.
As condições para pedir a permissão são:
- estar presente em território americano há pelo menos cinco anos
- ter um filho com cidadania americana ou residência permanente ('green card'), nascido antes de 20 de novembro de 2014, sem importar a idade.

- para os jovens: estar presentes em território americano desde 1º de janeiro de 2010 (ao invés de 15 de junho de 2007), ter chegado aos Estados Unidos antes dos 16 anos, ter completado ao menos o ensino médio e não apresentar antecedentes criminais.
Obama reforçou, no entanto, que o programa não é "um passe livre para a cidadania americana" sem que se dê os passos apropriados.
O governo estima que o programa, além de ampliar a elegibilidade de jovens imigrantes a tirar os documentos segundo um programa diferente, ajudará quase a metade dos cerca de 11 milhões de imigrantes ilegais do país.


Fonte:http://g1.globo.com/mundo/noticia/2014/11/obama-anuncia-plano-de-imigracao-que-protege-5-milhoes-da-deportacao.html

Pesquisar este blog