Google+ Followers

domingo, 2 de novembro de 2014

VIÇOSA: CARGA HORÁRIA DOS ACS FOI REDUZIDA PARA 04 HORAS/DIA

 
Prefeito Flaubert Filho assegura que os salários estão em dia, porém, não 
sabe se esta situação continuará
O prefeito Flaubert Filho reconhece prejuízo, mas disse que município vivencia uma crise

O prefeito diz que não fechou as Unidades de Saúde, apenas reduziu o horário de atendimento. Segundo ELE, as verbas federais não estão chegando a contento. "Ou fazia as reduções ou não conseguia pagar as contas”, acrescentou
O gestor reconhece que a redução trará prejuízos a população, mas alegou que o município não tem condições financeiras para arcar com os custos, já que uma equipe completa do PSF custa R$ 35 mil, e o governo federal repassa R$ 10.500 e que o restante é custeado pelo prefeitura cujo FPM (Fundo de Participação dos Municípios) vem sofrendo com constantes quedas. Além da redução do funcionamento das unidades do PSF, o prefeito confirmou que exonerou alguns médicos especialistas.
O gestor alega ainda, que o município tem UPA e Hospital funcionando e em caso de emergência, ainda sobra as ambulâncias para transportar a Maceió. Diz ainda que no futuro, não garantirá o pagamento dos salários em dia, alegando a redução do FPM.
Segundo uma funcionária municipal da saúde, que preferiu não ter o nome revelado temendo represália, não existe PSF com profissionais de 20 horas. “Isso é um retrocesso. Não existe PSF de 20 horas, apenas com 40 horas. O que o prefeito vai fazer é transformar o PSF em Pacs (Programa Agente Comunitário de Saúde), que funciona apenas com enfermeira e agentes de saúde”, explicou a servidora.
Por meio de sua assessoria de imprensa, a SESAU disse que não foi informada da situação na cidade. 
Se é uma coisa que não atrasa é o recurso federal  da Saúde e Educação. Solicito aos funcionários que deem uma olhada no Portal da Transparência e no CNES, ou ainda, o Portal do Cidadão do TCE.  É muita informação importante. 
Esse gestor,contraria lei de criação dos ACS. É uma aberração!
 
Fonte:http://www.agentesdesaude.com.br/2014/11/falta-de-recursos-do-governo-federal.html

Pesquisar este blog