Google+ Followers

domingo, 21 de dezembro de 2014

Adicional noturno: Estatutário segue a mesma regra do empregado celetista?


O adicional noturno celetista é de 20% sobre o valor da hora diurna e está previsto no artigo 73 , da CLT 

"Art. 73 - Salvo nos casos de revezamento semanal ou quinzenal, o trabalho noturno terá remuneração superior à do diurno e, para esse efeito, sua remuneração terá um acréscimo de 20% (vinte por cento), pelo menos, sobre a hora diurna.

§ 1º - A hora do trabalho noturno será computada como de 52 (cinqüenta e dois) minutos e 30 (trinta) segundos.

§ 2º - Considera-se noturno, para os efeitos deste artigo, o trabalho executado entre as 22 horas de um dia e as 5 horas do dia seguinte.( vinte e duas)

§ 4º - Nos horários mistos, assim entendidos os que abrangem períodos diurnos e noturnos, aplica-se às horas de trabalho noturno o disposto neste artigo e seus parágrafos.

Já o adicional noturno do servidor estatutário está previsto no estatuto de cada servidor público. Veja como exemplo o artigo 75 , da Lei 8.112 /90 que estabelece como valor para o adicional noturno o acréscimo de 25% sobre o valor hora diário. 

"Artigo 75. O serviço noturno, prestado em horário compreendido entre 22 (vinte e duas) horas de um dia e 5 (cinco) horas do dia seguinte, terá o valor-hora acrescido de 25% (vinte e cinco por cento), computando-se cada hora como cinqüenta e dois minutos e trinta segundos.

Parágrafo único. Em se tratando de serviço extraordinário, o acréscimo de que trata este artigo incidirá sobre a remuneração prevista no art. 73." (grifo nosso).

Portanto, para saber qual o valor do adicional noturno de determinado servidor público, você deverá verificar o estatuto próprio do referido servidor.

Tópicos de legislação citada no texto

Lei nº 8.112 de 11 de Dezembro de 1990

Artigo 73 do Decreto Lei nº 5.452 de 01 de Maio de 1943

Decreto Lei nº 5.452 de 01 de Maio de 1943

Artigo 75 da Lei nº 8.112 de 11 de Dezembro de 1990


Fonte:http://lfg.jusbrasil.com.br/noticias/84251/o-pagamento-de-adicional-noturno-devido-ao-servidor-estatutario-segue-a-mesma-regra-do-empregado-celetista-katy-brianezi

Pesquisar este blog