Google+ Followers

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Rússia: Crise leva risco a países emergentes

Os países emergentes, e alguns deles afetados pelo preço do petróleo, podem ser vítimas indiretas da crise na Rússia e da consequente desconfiança dos mercados.

A Rússia, grande exportadora de hidrocarbonetos, pode ver sua economia recuar entre 4% e 5% em 2015 se os preços do petróleo não passarem dos US$ 60 dólares, segundo alertou o banco central russo.

Nesta terça-feira, contudo, o petróleo caía ainda mais: o barril abriu em Nova York a 55 dólares, menor patamar em cinco anos e meio.

A agência de classificação de risco Fitch afirmou nesta terça-feira que, de todos os países petroleiros, os mais vulneráveis nesta situação são Venezuela, Nigéria e Bahrein.

A Venezuela é percebida como o mais frágil dos produtores: apesar de ter as maiores reservas de petróleo do mundo suas finanças estão em péssimo estado, já que aproximadamente 96% de suas receitas são oriundas da commodity.

Por outro lado, os demais países exportadores, como a Arábia Saudita e o Kuwait, têm suficientes reservas em divisas acumuladas para enfrentar a queda acentuada das cotações de cru.

No que se refere aos países emergentes consumidores de petróleo, a redução dos preços é uma boa notícia, que pode evitar uma repetição da crise financeira de 2013.

Então, com a perspectiva de um endurecimento monetário nos Estados Unidos, os investidores retiram seus capitais dos países emergentes, desvalorizando suas divisas e desestabilizando seus equilíbrios financeiros.

O papel da China, segundo consumidor mundial de petróleo, é fundamental para a economia mundial: se a economia do país é mais fraca, seu consumo de cru se reduz, os preços continuam caindo e, portanto, exportadores, como Rússia e Venezuela, sofrerão ainda mais.

De forma mais geral, "a crise na Rússia pode contagiar os países emergentes e fragilizá-los de forma duradoura", afirma Philippe Waechter, economista da Natixis AM.


Fonte:http://g1.globo.com/economia/noticia/2014/12/crise-na-russia-leva-risco-a-paises-emergentes.html

Pesquisar este blog