Google+ Followers

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

O Brasil não é o único a enfrentar problemas na liberação de macas nos hospitais

 Em Portugal...

Bombeiros Sapadores de Gaia estão a enfrentar dificuldades para conseguir reaver as macas das suas ambulâncias quando transportam doentes para o Hospital Santos Silva. De acordo com relatos feitos à Renascença, nos últimos dias, os tempos de espera para a troca de macas chegaram a atingir duas horas.

“Enquanto o doente não for passado para a maca do hospital, enquanto não for feita a triagem, enquanto não o entregarmos, não podemos, de forma nenhuma abandonar o doente”, esclarece Salvador Almeida, acrescentando que a troca demora devido ao facto de o hospital de Gaia “não ter equipamento, macas ou disponibilidade”.

Situação semelhante registou-se, também no início do ano, no Hospital de Torres Vedras.


Fonte:http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=31&did=174267

Pesquisar este blog