Google+ Followers

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Coalizão internacional contra EI quer reforçar exército iraquiano



Nesta quinta-feira (19),
as autoridades militares dos países ocidentais e árabes que integram a coalizão internacional contra o Estado Islâmico (EI), avançaram nas discussões, para fortalecer o Exército iraquiano.

Em nota, o chefe do Comando Central dos Estados Unidos, o general norte-americano Lloyd Austin, advertiu que a campanha contra os jihadistas "vai levar um tempo".

Embora a coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos realize bombardeios para ajudar os combatentes curdos e as tropas do Iraque, nenhum país quer participar de operações no terreno.

Pesquisar este blog