Google+ Followers

sábado, 28 de março de 2015

Airbus A320: Comandante de avião tentou reabrir cabine com machado

Nesta sexta-feira (27), o jornal alemão "Bild" afirma que o piloto do Airbus A320 que ficou trancado do lado de fora da cabine no momento da queda do avião da Germanwings nos Alpes franceses, tentou abrir a porta com um machado.

Depois que o copiloto Andreas Lubitz acionou o mecanismo de descida do avião por razões desconhecidas, o comandante do voo, que havia deixado a cabine para ir ao banheiro e que não teve acesso ao local na volta, utilizou um machado para forçar a porta blindada, segundo as fontes, e tentar impedir a tragédia que matou 150 pessoas.

Nesta quinta (26), Carsten Spohr, CEO da Lufthansa, explicou que acesso à cabine de comando pode ser impedido por quem está dentro. “Se o piloto saiu e o que ficou dentro está inconsciente, há um código que pode ser utilizado. Há um barulho dentro da cabine, e se ninguém abrir, a porta se abre eletronicamente. Mas a pessoa que está do lado de dentro pode impedir que a porta se abra.”

Segundo a Promotoria francesa, durante os primeiros 20 minutos de voo, houve uma troca de cortesias e até mesmo brincadeiras entre o piloto e Andreas Lubitz. Já quando o piloto começa a preparar o procedimento para a aterrissagem em Düsseldorf (Alemanha), o copiloto se mostrou mais "lacônico".

Com a saída do comandante da cabine, Andreas Lubitz assumiu o controle da aeronave e acionou o botão para perda de altitude.


Pesquisar este blog