Google+ Followers

quinta-feira, 26 de março de 2015

CAMARAGIBE: ASSEMBLEIA GERAL DOS SERVIDORES É DIRECIONADA PARA PREFEITURA COM APITAÇO

Assembleia Geral do SISEMCg  com a participação do SINDGUARDAS e da AMACS

Nesta quinta-feira (26), servidores municipais estiveram reunidos em assembleia para deliberar sobre os novos encaminhamentos, tendo em vista a falta de respostas à pauta de reivindicação de 2015.

No dia 04 de março, a categoria esteve em paralisação e em ato na frente da prefeitura. Na ocasião, a gestão atendeu e se comprometeu a fazer reuniões posteriores para apresentar respostas nos dias: (11)- Educação, (17)-Saúde e, posteriormente, seria agendada uma data para  o prefeito atender a pauta geral.

Ocorre que houve a reunião do dia 11. A reunião do dia 17 foi adiada e, no dia 24, os secretários receberam as entidades sindicais para dizer que estão em dificuldade e, por isso, o Piso Magistério seria pago em 04 vezes e o retroativo no final do ano. Quanto ao reajuste anual, só poderiam oferecer 7.45% aos servidores. Quanto aos ACS/ACE, não se tem resposta definida.

Hoje, em assembleia, a categoria decidiu que deveriam ir à prefeitura forçar um atendimento pelo prefeito para uma resposta concreta e depois decidiriam os próximos passos. 


A gestão justifica as medidas por conta do limite prudencial e um suposto corte no FPM.

Já foi sugerido que a prefeitura enxugue a folha, limitando os Cargos Comissionados e serviços prestados, os quais, no entendimento de todos, seriam o motivo do encharcamento da máquina pública.

Uma comissão formada pelo SISEMCg, SINDGUARDAS, AMACS e representante da base, acaba de ser recebida pela gestão para negociar, após 3 horas e meia de espera. Exatamente às 13 horas e 30 minutos. Pense numa luta!


Só sei que é assim!


Laudicéa

Pesquisar este blog