Google+ Followers

segunda-feira, 2 de março de 2015

Médica que mandou cortar pênis do ex-namorado terá que voltar à prisão



FACEBOOK / REPRODUÇÃO 
Médica estava morando no 
interior de São Paulo

A Justiça indeferiu, por ora, o segundo pedido de transferência da médica Myriam Priscila de Rezende Castro para prisão domiciliar. A defesa de Myriam entrou com o pedido no dia 23 de fevereiro, alegando que ela está grávida de gêmeos e que seu estado de saúde é delicado. A médica foi condenada por mandar cortar o pênis do ex-noivo em 2002 e segue internada na maternidade Octaviano Neves, sob custódia da Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi). .








Fonte:IG Notícias

Pesquisar este blog