Google+ Followers

quinta-feira, 12 de março de 2015

Preso, prefeito de Caracas denuncia governo de Maduro

Mitzy, esposa do prefeito de Caracas Antonio Ledezma, Caracas é vista após reunião na Capital da Venezeual na sexta-feira (20). O prefeito foi acusado de conspirar para derrubar o governo de Maduro (Foto: Juan Barreto/AFP)
Mitzy, esposa do prefeito de Caracas Antonio Ledezma, 
 (Foto: Juan Barreto/AFP)
O prefeito de Caracas, o opositor Antonio Ledezma, preso desde fevereiro e acusado de conspiração contra o governo da Venezuela, denunciou o executivo "intolerante e repressivo" do país em uma carta entregue nesta quinta-feira (12) por sua esposa ao ex-chefe de governo espanhol, José María Aznar.

Com Ledezma e Leopoldo López, já estão presos dois dos principais líderes opositores radicais de Maduro, que denunciou em dois anos de governo mais de uma dúzia de planos de assassinato contra ele e golpes de Estado.
Capriles assegurou que a mesma coisa está acontecendo com outros políticos na Venezuela.


Pesquisar este blog