Google+ Followers

quarta-feira, 13 de maio de 2015

CAMARAGIBE: REUNIÃO ORDINÁRIA DO CMS APLAUDE FUNCIONÁRIO DA CASA DA MULHER


Na segunda-feira (04), em reunião ordinária do Conselho Municipal de Saúde de Camaragibe, foi apresentado o Sr. Lenildo Leônidas, para responder pelo Gabinete, na ausência  do Secretário Marcelo Gomes que encontrava-se em trânsito. 


- Após iniciada a reunião deu-se início a leitura de  atas e ofícios enviados e recebidos da prefeitura 



O funcionário Guilherme da Casa da Mulher foi elogiado e aplaudido pela atenção dispensada aos munícipes e pelo reconhecimento de seus préstimos.

Guilherme, funcionário da Casa da Mulher, foi aplaudido no CMS pelo  atendimento exemplar aos usuários 

 Nos informes:

  • Informado sobre o calendário das Pré-Conferências de Saúde das Regiões administrativas e da XII Conferência de Saúde.

  • Informado da falta de  prestação de contas do FMS dos meses de outubro, novembro e dezembro de 2014, que  está dependendo da apresentação do contator, Sr. Ivaldeci, que por problema de força maior encontra-se sem possibilidade de fazê-lo

  • Informado sobre a falta de reajuste anual de todos os servidores, que de acordo com a Lei 505/12 deveria acontecer no mês de março


Nas denúncias:
  • Cobrado a apresentação da LOA e LDO no CMS para discussão e acompanhamento.
  • Solicitado o envio de documentação pelo CMS a gestão pública pedindo esclarecimento pela sua negação em atender a entidade que representa os trabalhadores municipais e inclusive tendo condicionado a negociação apenas com intermediação do MPPE. Desconsiderando o Art. 80, da Lei Orgânica do Município, que trata do processo de democratização das informações e do acesso ao prefeito ou outra  autoridade para esclarecimentos sobre atos e projetos da administração pública. Que o representante do poder público, não deve tratar a administração como sendo uma empresa particular.


  • Foi apresentado queixa da falta de médicos em USFs, de remédio, água e condições de trabalho


  • Foi feito queixa sobre a falta de segurança nas escolas municipais.


  • Falta de mobilidade
Entre outras.


Após as falas, o Secretário de Saúde, Dr. Alexandre Ricardo respondeu aos questionamentos.


Laudicéa

Pesquisar este blog