Google+ Followers

domingo, 21 de junho de 2015

Grécia apresenta proposta aos europeus para tentar acordo

Neste domingo (21), o primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, apresentou  por telefone as proposta do país para "tentar um acordo benéfico" para todas as partes, a fim de encerrar o impasse em torno da dívida grega. A tentativa de um novo acerto foi apresentada à chanceler alemã, Angela Merkel, ao presidente francês, François Hollande, e ao presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker.

O ministro de Estado grego Nikos Pappas, um dos coordenadores das negociações afirmou neste domingo, que o Fundo Monetário Internacional (FMI) não deveria continuar participando na ajuda financeira à Grécia. "Sou um dos que pensa que o FMI não deveria estar na Europa".

Os tratados europeus preveem a progressiva adesão à moeda única de todos os membros da UE, mas não o abandono do grupo. Por isso, analistas só acreditam que a saída do euro seja possível se o país também deixar a UE.

A incerteza fez com que nos últimos dias os saques tenham aumentado consideravelmente nos bancos gregos, chegando a 3 bilhões de euros só nesta semana.

Pesquisar este blog