Google+ Followers

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Japão aprova desativação da Central de Fukushima no prazo de 30 a 40 anos


O governo japonês aprovou hoje (12) a revisão do plano para as operações de desmontagem da Central Nuclear de Fukushima, que devem durar de 30 a 40 anos.

Além da retirada do combustível fundido de dentro dos reatores, a central, atingida pelo terremoto e o tsunami de 2011, ainda enfrenta o problema da acumulação diária de centenas de toneladas de água radioativa nas instalações.

Essas inundações são produto da água que, por meio dos canais naturais, entra nos porões dos reatores e, uma vez ali, mistura-se ao líquido refrigerante contaminado que esteve em contato com as unidades danificadas.

O tsunami e o tremor de magnitude 9 na escala Richter, de 11 de março de 2011, provocaram em Fukushima o pior acidente nuclear desde o de Chernobyl, na Ucrânia, em 1986.


Pesquisar este blog