Google+ Followers

sábado, 18 de julho de 2015

Hospital Otávio de Freitas: Paciente “morto” encontrado vivo no necrotério


O Departamento Jurídico da Associação de Defesa dos Usuários dos Planos e Sistemas de Saúde (Aduseps) pede à Secretaria Estadual de Saúde que investigue o caso de um suposto morador de rua que foi dado como morto no Hospital Otávio de Freitas (HOF), Oeste do Recife, e depois encontrado vivo no necrotério da unidade por um maqueiro.


De acordo com ofício enviado à secretaria, a Ouvidoria da Aduseps foi comunicada que no dia 4 de junho de 2015 o corpo do paciente E. P.S., hospitalizado no Otávio de Freitas, foi levado ao necrotério do hospital, com morte atestada durante a madrugada. Uma hora e 40 minutos depois, o doente “morto”, já envelopado na câmara de refrigeração, dava sinais de vida: “fazendo movimentos bucais e respirando”, como diz o documento. Ele teria então sido removido até a sala vermelha da Emergência, onde estava antes. No dia 8 de junho novamente foi atestada a morte.

Questionada, a direção do Hospital Otávio de Freitas (HOF) informou que caso já estava sendo analisado pelas Comissões de Ética Médica e de Enfermagem da unidade. 


Pesquisar este blog