Google+ Followers

terça-feira, 24 de novembro de 2015

CAMARAGIBE: REUNIÃO ENTRE SINDICATOS, BASE E O PREFEITO NÃO SURTE EFEITO POSITIVO



Nesta segunda-feira (23), o SISEMCg (Sindicato dos Servidores Municipais de Camaragibe e o SEEPE (Sindicato dos Enfermeiros de Pernambuco), além de representantes da base, enfermeiro e técnicos em enfermagem do Cemec centro, estiveram em reunião com o Sr. prefeito Jorge Alexandre e sua assessoria, para tentar  encontrar uma solução para o impasse que se formou no município após a retirada da gratificação SUS de todos os profissionais de Saúde.

Isso ocorreu após a Gestão oferecer outro "cavalo de troia" aos profissionais da Atenção Básica, que, ao invés de passarem a receber mensalmente o PMAQ e o SUS, de acordo com a Lei 644/2015, os mesmos adquirem o direito ao pagamento do PMAQ, e perdem a gratificação SUS.

Já os profissionais da Média Complexidade perderam tudo o que tinham. Apesar de a Gestão propagar que trocou uma gratificação por outra, simplesmente retirou o direito à gratificação SUS, percebida há 20 anos, deixando uma perda de quase 50% no poder de compra para alguns.

A reunião tão esperada, pela fama de resolutividade nas raras reuniões em que se conseguiu sentar com o prefeito, surtiu um efeito posterior de desânimo. Os profissionais ficaram simplesmente arrasados pelas negativas quanto às possibilidades de solução, com alegação da crise nacional.

A reunião, que durou 01 hora - sem êxito, terminou com a promessa de outra reunião na segunda quinzena de janeiro de 2016.

Nesta reunião houve a participação de 02 vereadores - como se fizessem parte da assessoria do prefeito, tendo em vista que não se sabia da presença dos mesmos e, em momento algum, intercederam em favor dos trabalhadores.

A servidora Laudicéa deixou claro que nunca se viu uma situação tão crítica na cidade de Camaragibe como a que vivenciamos desde o início dessa gestão. 

Na tarde do mesmo dia, em assembleia extraordinária, o servidores decidiram manter o movimento paredista. 

Está marcada para a próxima sexta-feira (27/11) assembleia extraordinária para decidir os rumos da greve.


Laudicéa

Pesquisar este blog