Google+ Followers

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Vitória de Santo Antão: Administração pública em colapso


Prefeitura da Vitória - Foto A Voz da VitóriaEste é um retrato da grande maioria dos municípios brasileiros. Prefeitos que são eleitos pela simpatia de grupos políticos que se unem, não pelo bem estar da sociedade, mas pela oportunidade de administrar os recursos Federais e Estaduais por osmose, sem grandes esforços.

 Vitória não é diferente.
  • Alegação de falta de dinheiro,
  • Descaso na nomeação de Secretários com pouca ou nenhuma experiência em suas pastas;
  • Cargos Públicos que cumprem o mínimo dos objetivos da Função Municipal;
  • Planejamento inexistente, pois o município há muito insiste em usar quase toda a dotação, que é superdimensionada;
  • Descontrole na folha de pessoal;
  • Vereadores extremamente despreparados para o cumprimento de suas funções, na essência, a de LEGISLAR em prol da ordem jurídica e administrativa de seus habitantes, respeitando a hierarquia de Leis Superiores;
  • O Ministério Público Estadual (MPPE), inerte;
  • O Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE), apesar de avanços tecnológicos de transparência, até agora não enxergou os últimos quatro bimestres da recorrência das irregularidades.
Vitória de Santo Antão. Verdadeiro COLAPSO!


Pesquisar este blog