Google+ Followers

quarta-feira, 11 de maio de 2016

CAMARAGIBE: CONSELHO DE SAÚDE REALIZA A PRIMEIRA REUNIÃO ORDINÁRIA DO MÊS DE MAIO



Na Segunda-feira (09), foi realizada a primeira reunião ordinária do mês de maio. Devido às grandes chuvas, não houve quórum para viabilizar a leitura das atas, porém houve Informes e denúncias.


INFORMES:
  • Foi informado à Diretoria da Saúde, na pessoa da Dra. Danielly, da necessidade de apresentação do Plano Anual, além da resposta aos ofícios enviados em relação à prestação de contas 2015,
  • Foi informada pelo SIMCASE, e mostrada a todos, a notificação da ação formulada pelo SISEMCg ao MPF, a qual trata  do desvio de função de algumas ACS e outros profissionais.
    • A diretora do SISEMCg contradisse, informando que se a mesma só recebera a notificação do Ministério Público Federal (MPF), referente ao questionamento do Sindicato, ainda deverá receber  notificação sobre o mesmo questionamento enviado ao mesmo órgão pelo Conselho Municipal de Saúde, inclusive antes do protocolo do SISEMCg. E não só ao MPF, mas também, ao MPPE, MS, PF, TCE e TCU. Que a polêmica sobre os desvios de função dos Agentes de Saúde e de Endemias fora trazida ao Conselho pela comunidade e seus representantes por conta dos desfalques nas áreas. Segundo informações, existem mais de (20) ACS afastadas por motivo de doença, (02) afastadas que assumiram cargo de gerência, (01) à disposição da câmara  de vereadores, (01) à disposição do Centro de Saúde Antônio Luiz de Souza (CSALS), (01) à disposição do Gabinete do Vice Prefeito, (01) à disposição da Vigilância Sanitária e (02) à disposição do Sindicato dos ACS. Ademais, foi analisada a Folha dos Servidores e notada que os referidos constavam como ATIVIDADE NORMAL, sendo apresentada uma Portaria apenas em 2015, após insistência do Conselho sobre o caso. Que essas providências foram tomadas pelo contraste do Relatório de Gestão, o qual mostrava uma cobertura de 100% da Atenção Básica e a queixas dos usuários da ausência dos profissionais  e deficiência da citada cobertura. Foi esclarecido também que os questionamentos feitos aos órgãos fiscalizadores não se atêm apenas aos ACS. Trata de supostas irregularidades envolvendo outros profissionais e de Serviços, inclusive referente ao atraso no pagamento aos prestadores que dão suporte ao SUS, entre outras.
    • Foi informado que persiste o atraso no pagamento ao Prestador do LACAM. Que durante este ano, ainda não foi repassado nada, além de existir pendências do ano passado. 
    • Foi informado que a USF Nazaré acabou a reforma e foi inaugurada hoje, porém foi solicitada cópia do contrato da nova empresa que deu continuidade as obras
    DENÚNCIAS:
    • O Cemec Vera Cruz continua com colchões rasgados e em falta de lençóis
    • Uma  usuária residente no Santana se queixa que procurou a prefeitura 10 vezes em busca de apoio para consertar problemas em sua rua, na qual as chuvas provocaram a queda de seu muro. Ela chegou  a pedir dinheiro emprestado para consertar a fossa aberta do vizinho, pois a prefeitura não a atendeu. Ela o fez para evitar proliferação de doenças.
    • Foi feita queixa da reforma da USF Lot. São Jorge.  Foi sugerido que a mesma foi um "faz de conta" e sugerido ao CMS que se informasse do valor da reforma
    • Foi denunciado que o médico da USF Carmelitas só comparece uma vez por semana.
    AGRADECIMENTO:
    • Foi solicitado o registro de agradecimento pela limpeza do canal  próximo ao Bradesco.


    Pesquisar este blog