Google+ Followers

quinta-feira, 9 de junho de 2016

CAMARAGIBE: SISEMCg VISITA A RÁDIO CAMARÁ FM UTILIZANDO O DIREITO DE RESPOSTA


Na manhã desta quarta-feira (08), o Sindicato dos Servidores Municipais de Camaragibe esteve na Rádio Camará FM, utilizando o direito de resposta à fala do vereador Paulo André (PSB), líder do Governo na câmara, o qual parece ser mais um "assessor" do prefeito Jorge Alexandre. 


Em meados de maio passado, o vereador esteve na Rádio Camará para falar contra a entidade representativa dos trabalhadores, existente há mais de 20 anos no município, apresentando alegações infundadas. 

Dias antes, o mesmo vereador havia enviado um Ofício ao SISEMCg, solicitando prestação de contas desde o ano de 2008. Antes mesmo desta Gestão, que iniciou em 2010. 

É de se estranhar a atitude, tendo em vista, o Sindicato não ser "responsável" pelo desenvolvimento e melhoria da cidade, além do que, este interesse não faz parte da função do vereador. 

De acordo com a Lei, as atribuições do vereador, dentre outras, é: Monitorar e Fiscalizar o executivo. Não entidades sem fins lucrativos. Até por que esta presta conta aos seus associados 3 vezes ao ano, ou a qualquer tempo, desde que seja solicitado.

Ademais, há outras entidades no município, que, por serem pró-situação, não são alvo dessa cobrança pelo Legislativo.

Bom seria que essa "sede" de auditoria se alargasse até o Executivo. Que os nobres vereadores pedissem auditoria à prefeitura. Porém segundo informação dos próprios, a casa legislativa não tem nem Comissão de Saúde! 

Será que a Prestação de Contas do Sindicato dos trabalhadores é mais relevante para os munícipes que a Prestação de Contas da prefeitura?

Ora, quando um outro vereador vem dizer em plena sessão que "passou fome quando estava na oposição", significa que agora está bem acomodado. Então, não precisa dizer mais nada!

Será que é porque o Sindicato dos Servidores discorda dos desmandos e da intolerância da Gestão priorizando o trabalho e os trabalhadores? 

Fala-se de suposta ingerência da Gestão e atinge alguns vereadores? isto é grave! Pois os mesmos deveriam ficar do lado dos trabalhadores, isto sim.

Para quem interessar possa, a Gestão do SISEMCg, desde que assumiu, só tem valorizado a entidade. Veja:

  • Comprou a sede
  • O carro
  • O som do carro
  • Fez o auditório
  • Comprou o som de qualidade para uso interno
  • renovou todos os eletrodomésticos
  • Climatizou a entidade, entre outros.
E para o conhecimento de todos, saibam que a prefeitura desconta há dois anos o Imposto Sindical descrito como: Imposto Sindical SISEMCg no contra cheque dos Servidores e repassa para o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

Ontem, enviou Ofício à câmara para informar que só atenderá entidade com Registro Sindical. Ocorre que, a maior parte dos Sindicatos não tem essa carta, e sim, CNPJ.

Outra observação a se fazer é: um homem público pode escolher a quem receber em sua casa, não não casa do povo. Ele não é obrigado a compartilhar dos mesmos sentimentos e opiniões, porém receber, é um dos seus deveres de casa.

O POVO, vereador, não está interessado no Sindicato não. Está interessado é no cumprimento das Ações e Metas da Gestão municipal! Na valorização do Serviço e do Servidor! No uso devido das verbas públicas!

Os nobres pares sabem disso?


Pesquisar este blog