Google+ Followers

quarta-feira, 15 de junho de 2016

PF faz operação contra quadrilha que desviava recursos do CFO


Operação da PF prendeu cinco
pessoas (Foto: Divulgação)
A Polícia Federal prendeu nesta terça-feira (14) quatro integrantes da alta cúpula do Conselho Federal de Odontologia durante a Operação Tiradentes. Entre os detidos estão o atual presidente da autarquia, o ex-tesoureiro, um antigo conselheiro e o chefe do setor de compras. A Polícia Federal também conseguiu um mandado de prisão contra o procurador jurídico do conselho, mas ele não foi encontrado.

No total, foram cinco presos e 15 mandados de busca e apreensão cumpridos. Foram apreendidos cerca de R$ 250 mil em dinheiro, em endereços distintos, e seis carros de luxo. Os nomes dos presos não foram divulgados.

Além das prisões, foram apreendidos cerca de R$ 250 mil em espécie e seis carros de luxo, entre eles um Porsche. A Polícia Federal afirmou que tomaram conhecimento das fraudes em 2012 com denúncias de ex-conselheiros, no entanto as investigações ganharam provas substanciais em 2015 com novas informações de membros do conselho.

As prisões foram realizadas em ação conjunta com o MPF e o Tribunal de Contas da União, nos municípios do Rio de Janeiro, Niterói e São Gonçalo no Estado do Rio de Janeiro; Manaus (AM); Campo Grande (MS), Araguaína (TO), São Paulo capital e em Brasília. Os mandados foram expedidos pela 3º Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro.

Pesquisar este blog