Google+ Followers

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

CAMARAGIBE: MUITA QUEIXA E ATÉ CHORO EM REUNIÃO DO CONSELHO DE SAÚDE

Na tarde desta segunda-feira (10), foi realizada a reunião ordinária do Conselho Municipal de Saúde de Camaragibe. A mesa foi composta pelo coordenador, professor Inaldo da FOP - substituído pelo Dr. Araújo, LACAM - além do Secretário adjunto de Saúde, Sr. Pedro Santana, do Secretário executivo do CMS, Sr. Flávio Eduardo e da relatora, Sra. Conceição Santos.

A reunião tornou-se uma arena de embates. Muitas queixas foram trazidas pela comunidade e pelos trabalhadores pelo caos formado na saúde da cidade após o processo eleitoral. Emergências fechadas, Maternidade e outros serviços. Unidades de Saúde sem médico, sem cota de exames. Laboratórios conveniados impedidos de atender a população. Enfim, resolveram assumir a falta de tudo!

Foi contestada a alegação da Gestão de que já estava programada a demissão em massa, após o recadastramento feito na SESAU para analisar o quantitativo de pessoal para um possível concurso em 2017, até porque o concurso anterior foi prorrogado em 02 de maio de 2015 por mais 02 anos. Como abrir um concurso com outro em vigor? PRORROGAÇÃO CONCURSO 2012 


Além disso, a quantidade de efetivos no município é de 1946, e os Cargos Comissionados e Contratados contam 1474 - isso sem se somarem os profissionais pagos por empenho que, com certeza, juntos  ultrapassam o número de efetivos. Agora imaginem a retirada de 80% desse pessoal de uma vez, sem substituição. O resultado é esse caos!

Houve reclames, depoimentos, cobrança, estresse, e até choro!


No final, a intenção foi uma só. Cobrar uma atitude enérgica do Órgão de Controle Social.

Pesquisar este blog