Google+ Followers

sábado, 10 de dezembro de 2016

SEEPE PROMOVE O II CONGRESSO SINDICAL DOS ENFERMEIROS DE PERNAMBUCO


CLIQUE PARA AMPLIARO Sindicato dos Enfermeiros no Estado de Pernambuco – SEEPE promoveu de 02 a 04 de dezembro, no Centro de Formação e Lazer do Sindsprev, bairro da Guabiraba, do Recife, o II Congresso Sindical dos Enfermeiros do Estado de Pernambuco – Conseepe.

Com o tema, " O Sindicato somos nós: nossa luta, nossa força, nossa voz - enfermeiros enquanto classe trabalhadora organizada na atual conjuntura política: desafios e perspectivas”, o evento reuniu os diretores do SEEPE e os delegados sindicais de todo estado. 

O objetivo do Conseepe é construir o plano de lutas dos enfermeiros no âmbito estadual para o próximo triênio. 


Durante sua intervenção, a presidente do SEEPE, Berenice Garcês saudou os presentes e enalteceu a realização do evento, como forma de contribuir para o fortalecimento e construção de políticas para os enfermeiros de Pernambuco. Uma homenagem foi feita a diretoria do SEEPE, com a exibição de um vídeo com fotos das ações de 2016. 

DIA 03/12/16 – No sábado, 03/12, foi realizada a plenária de prestação de contas da FNE e a Plenária dos estudantes de enfermagem. Os estudantes discutiram a organização política nos diretórios acadêmicos das faculdades e os principais desafios da categoria. 

À tarde, foi realizado um debate com a participação do senador Humberto Costa (PT-PE) e o presidente da CUT-PE, Carlos Veras. Humberto explanou sobre a PEC 55 e o atual cenário político. O senador, que já foi ministro da saúde, falou como a aprovação da PEC 55 poderá trazer prejuízos para a área de saúde. 

O SEEPE e a FNE solicitaram apoio do senador ao projeto de lei do Senado (349/2016), proposto pela FNE ao senador Paulo Paim (PT-RS), que trata da aposentadoria especial para o enfermeiro em 25 anos. Atualmente, a matéria tramita na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado Federal. O senador afirmou que reconhece a importância dos enfermeiros e que se comprometeu em dar apoio na tramitação deste projeto e de outros favoráveis a categoria. 

DIA 04/12 – No domingo, 04/12, foi realizada a plenária para apresentação dos eixos e construção dos planos de luta do SEEPE de 2017 a 2021. A primeira apresentação foi da plenária dos estudantes de enfermagem. Entre as propostas aprovadas, promover a criação de Diretórios Acadêmicos nas faculdades particulares e fortalecer os já existentes, a criação do primeiro encontro dos estudantes pernambucanos de enfermagem. O SEEPE aproveitou para anunciar uma novidade aos estudantes: o sindicato terá um espaço destinado a eles na próxima gestão. 

O primeiro eixo, “Crise financeira e seus impactos no dimensionamento, negociação salarial e o mercado de trabalho”, coordenado pelas diretoras Flavyana Santos e Maria do Carmo Raposo, trouxe como propostas, lutar pela regulamentação da jornada de 30 horas semanais nos municípios e no estado, elaborar PL com apoio de vereadores e deputados estaduais no intuito de transformar a resolução de dimensionamento de enfermeiros, recomendada pelo COFEN, em lei, entre outras. 

O segundo eixo, coordenado pelos diretores Robervam Pedroza e Wagner Miranda, trouxe o tema “O enfermeiro empreendedor e o mercado de trabalho”, teve entre as propostas, a participação do sindicato na formulação de editais de concursos públicos para enfermeiros e lutar pela inclusão do simples para os enfermeiros abrirem o próprio negócio. 

O terceiro eixo teve o tema “Direito do Trabalhador enfermeiro nos diversos ambientes laborais, coordenado pelos diretores José Afrânio e Joselma Lourenço, apresentou entre as propostas, reivindicar condições de segurança para os enfermeiros nas unidades de saúde, incentivar a participação dos enfermeiros da rede privada na construção da CCT. 

O quarto e inédito eixo tratou do tema “O enfermeiro negro e o mercado de trabalho”, coordenado pelos diretores Djanos Oliveira e Rosário Trindade. O SEEPE é pioneiro em discutir a questão racial no âmbito da enfermagem. Entre as propostas apresentadas, propor a inclusão de cotas de vagas para enfermeiros negros na CCT e criação de cargo na diretoria do SEEPE, para tratar especificamente das questões raciais. 

Após a aprovação e construção do plano de lutas do SEEPE, os delegados sindicais prestaram uma homenagem a presidente do SEEPE, Berenice Garcês, pelo empenho na realização do evento, atenção e cuidado com cada participante. 

“O evento foi um sucesso. Toda diretoria do SEEPE se empenhou para que o segundo Conseepe acontecesse da melhor forma possível. Construímos, com a contribuição dos delegados sindicais, o plano de lutas do sindicato, que será colocado em prática na defesa dos enfermeiros de todo o estado. Agradeço a participação de todos. Só juntos, seremos mais fortes”, ressaltou a presidente do SEEPE, Berenice Garcês. 


Pesquisar este blog