Google+ Followers

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Presidente da Compesa, Roberto Tavares, fala sobre projeto da Adutora de Serro Azul


Uma audiência pública será realizada pela Companhia Pernambucana de Saneamento - Compesa para apresentar e debater o projeto da Adutora de Serro Azul, empreendimento que levará água da Barragem de Serro Azul, em Palmares, na Mata sul, para dez cidades do Agreste. O evento acontecerá no dia 04/08, às 10h, na Escola Técnica Maria José Vasconcelos, Loteamento Santo Amaro II, no município de Bezerros. A realização de audiência pública é uma exigência legal para investimentos superiores a R$ 150 milhões. A estimativa da Compesa é que a obra custe R$ 200 milhões, recursos do Governo do Estado Compesa, com financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento-BID. 

A adutora de Serro Azul irá beneficiar 800 mil pessoas em Bezerros, Gravatá, Caruaru, São Caetano, Belo Jardim, Sanharó, Tacaimbó, São Bento do Una, Toritama e Santa Cruz do Capibaribe. Além dos 68 quilômetros da adutora, o projeto prevê quatro estações de bombeamento e um reservatório com capacidade para armazenar 4,5 mil metros cúbicos de água. A Barragem de Serro Azul foi concebida para conter as águas do Rio Una e assim evitar enchentes em municípios da Mata Sul. Em virtude da seca extrema registrada em Pernambuco nos últimos anos, o governador Paulo Câmara decidiu usar a água desse manancial também para abastecimento humano. A expectativa da Compesa é entregar a obra até março de 2019.

Pesquisar este blog