Google+ Followers

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Obra da Compesa interdita Rua Dez de Julho em Setúbal por oito horas


A Compesa já está na reta final das obras que irão promover melhorias na rede de distribuição de água em Setúbal, no bairro de Boa Viagem, Zona Sul do Recife. Amanhã (12), a partir das 22h, será iniciada uma intervenção na Rua Camboim esquina com a Rua Dez de Julho, para realizar uma travessia (desvio) na rede que está sendo implantada no local. Para executar o serviço, será preciso interditar, totalmente, 180 metros da Rua Dez de Julho, entre as Ruas Vinte de Janeiro e Waldemar Nery Carneiro Monteiro. A companhia conta com o apoio da CTTU (Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife) para orientar os motoristas no local, que deverão desviar pela Rua Vinte de Janeiro. Para reduzir o impacto no trânsito da Rua Dez de Julho, que apresenta bastante fluxo de veículos, a companhia optou em realizar a intervenção no período noturno. A previsão é concluir os trabalhos até às 6h desta quarta-feira (13).




O serviço é necessário tendo em vista que neste cruzamento, entre as Ruas Camboim e Dez de Julho, o sistema de drenagem está localizado no mesmo nível da nova rede de abastecimento – a 1,3 metro de profundidade - e por este motivo, a companhia precisará aprofundar a rede que vem sendo assentada ao longo da Rua Camboim para transpor esse obstáculo. Só nesta via, a companhia implantou 865 metros de nova rede de distribuição de água. Desde o mês de junho deste ano, já foi realizada uma série de melhorias na rede de distribuição de Setúbal, como a instalação de macromedidores e substituição de rede de abastecimento de água.


As intervenções em Setúbal fazem parte do Lote 1 das Obras de Setorização do Recife, que estão em andamento e irão beneficiar 112 mil pessoas nos bairros do Recife, Boa Vista, Santo Amaro, Ilha do Leite e Coelhos, além de Setúbal. O objetivo é promover a independência operacional de cinco setores de abastecimento (controle e medição) que abrangem esses seis bairros. O Governo do Estado e a Compesa investem R$ 10,6 milhões nessa fase do projeto, recursos financiados pela Caixa Econômica. O prazo para concluir o Lote 1 é 30 de abril de 2018.

Pesquisar este blog